Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Vida curta do CEUB

Almanaque da Bola #488
João Nassif
Por João Nassif 23/11/2019 - 16:45

Alguém ainda se lembra do CEUB? Os alunos e funcionários do Centro de Ensino Unificado de Brasília em fevereiro de 1971 criaram um clube que estreou no mesmo ano no campeonato amador da Capital Federal.

Jogadores do CEUB

Os campeonatos de futebol de Brasília começaram antes da inauguração da cidade reunindo clubes originários de construtoras, associações classistas e órgãos governamentais. Grêmio Brasiliense, Cruzeiro, Rabello e o Departamento de Força e Luz, o “Defelê”, como era conhecido.

Houve até mesmo um período profissional na primeira década quando alguns desses clubes chegaram a disputar a Taça Brasil e que terminou em 1967 com a falência de poucos clubes que ainda resistiram.

Depois de dois anos disputando o campeonato amador da Capital, em 1973 o CEUB deu um passo ambicioso ao saber que a CBD pretendia ampliar o campeonato brasileiro de 26 para 40 clubes, incluindo um representante do Distrito Federal.  

Atendendo às exigências da CBD o CEUB se profissionalizou e como teria que possuir um estádio com capacidade mínima para participar do campeonato reformou e ampliou em tempo recorde o Estádio Edson Arantes do Nascimento, o Pelezão com capacidade para 40 mil pessoas. Além disso, para não fazer feio, contratou diversos jogadores do Sul e Sudeste do país.

A estreia foi contra o Botafogo num Pelezão lotado e o jogo terminou em 0x0. Conseguiu algumas vitórias marcantes como um 2x0 sobre o Cruzeiro e 2x1 em cima do Corinthians. Terminou o campeonato na 33ª posição, portanto livre do rebaixamento.

Continuou no campeonato brasileiro e em 1974 terminou na 37ª colocação. No ano seguinte depois de uma excursão à Europa participou pela última vez da competição nacional.

Fechou suas portas em 1976, ironicamente no primeiro ano em que o Distrito Federal voltaria a ter um campeonato profissional. 
 

4oito

Deixe seu comentário