Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Palpites para a temporada 2018

João Nassif
Por João Nassif 26/02/2018 - 21:30

Thiago Ávila *

Em uma semana de lançamentos dos carros novos, os debates sobre o desempenho dos novos veículos circulam entre jornalistas e fãs da categoria. Aqui vai os meus palpites em relação às equipes de 2018.

1º Mercedes: Com pouca novidade na pintura do carro, a Mercedes é favorita para levar o quinto título consecutivo. Com um motor poderoso e um piloto extraordinário, é esperado que a equipe de Toto Wolff domine mais uma temporada da F1.

2º Ferrari: Inspirado no carro pentacampeão de Michael Schumacher, a equipe de Maranello chega para essa nova temporada com uma pintura praticamente toda vermelha e é esperado que faça um campeonato à altura das flechas prateadas, com Vettel vindo com tudo para brigar com Hamilton mais uma vez pelo título de pilotos.

3º Red Bull: Em uma linda pintura azul e preta, que vai correr apenas a pré-temporada, a Red Bull apresenta um carro para não brigar por nada além do provável terceiro lugar. Mesmo com pilotos fantásticos como Verstappen e Ricciardo, o fraco motor Renault não ajuda muito.

4º McLaren: Com uma pintura inusitada, a equipe de Bruce McLaren vem para essa temporada com os novos motores Renault que devem ser melhores que a terrível Honda do ano passado. Era dito ano passado que a McLaren tinha um dos melhores chassis, mas não tinha motor. Com um motor digno, Fernando Alonso pode começar a sonhar novamente.

5º Renault: Seguindo as cores do nosso tricolor, a Renault vem menos forte em relação às suas clientes. Não é porque seu chassis é ruim, mas o de sua clientela é muito melhor. Sainz e Hulkenberg podem fazer milagre, mas não acredito que passe dessa posição.

6º Force India: A equipe de Vijay Mallya ainda não apresentou seu possante e em tempos de crise e com uma dívida estratosférica nas mãos do empresário indiano, a construtora pode muito bem ser leiloada. Consequentemente, com menos orçamento, a tendência é que termine mais atrás.

7º Williams: Sem grandes mudanças na pintura, a equipe de Grove chega a essa temporada com bastante orçamento, mas um chassis ruim e dois pilotos muito jovens. Se chegar em sétimo, já é uma vitória.

8º Haas: Com bastante branco e pouco preto, a Haas apresentou seu carro para a nova temporada. Sendo uma equipe ainda em desenvolvimento, deve traçar o mesmo caminho que a Williams: motor bom, chassis nem tanto.

9º Alfa Romeu: Com uma pintura já apresentada no final do ano passado, a nova Sauber vem para esse ano com o motor 2018 da Ferrari, diferente das outras temporadas que ganhava sempre um motor atrasado. O problema são as caras novas da equipe: um é muito jovem, outro é muito ruim.

10º Toro Rosso: Em último lugar vem a filial da Red Bull, que ainda não tem carro apresentado. Apostando nos motores Honda e com dois pilotos inexperientes, a tendência da Toro Rosso ter o pior carro da temporada.

* Estudante de jornalismo na PUCRS

4oito

Deixe seu comentário