Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Não confundam desempenho com resultado

Queda de braços
João Nassif
Por João Nassif 29/03/2019 - 06:47

Nunca é bom perder, mas pelas circunstancias a derrota do Criciúma em Chapecó deixou um rastro de otimismo com relação a classificação. A diferença de um gol em numa avaliação otimista é perfeitamente possível de ser recuperada principalmente por quem joga em seus domínios. Agora, se o resultado foi bom pelas circunstancias, como frisei, o desempenho terá que ser muito melhor do que aquele visto na quarta-feira. O time terá que apresentar mais repertorio, pois continua vivendo somente das bolas aéreas o que, convenhamos não garante vitória. 

REFORÇOS  
A entrada do Vinícius deu nova dinâmica ao time. Foi beneficiado por uma bola mal marcada pela Chapecoense e iniciou a jogada do segundo gol. Foi uma estreia de luxo e a perspectiva de dar nova vida ao ataque do Criciúma que tem se mostrado frágil neste início de temporada. Wesley jogou pouco, sem chance de uma melhor avaliação, mas tem futebol para assumir uma posição neste meio campo marcador, mas sem poder de criação.

NOVIDADES
Além de Léo Gamalho, Marcus Vinícius lateral que teve um ótimo 2018 jogando pelo Tubarão. Não são simples apostas e sim jogadores com boas referências que certamente ajudarão o técnico Gilson Kleina na montagem do time para a série B. Pelo perfil do diretor executivo João Carlos Maringá em breve teremos mais novidades para encorpar o plantel e dar opções ao técnico na campanha visando o acesso.

QUEDA DE BRAÇOS
A crise estabelecida entre o Criciúma, diz-se Jaime Dal Farra, e a torcida os Tigres está longe de terminar. Depois de duas tentativas frustradas para uma conversa e um possível entendimento houve a radicalização. Os Tigres já não foram apoias o time na partida contra o Avaí e promete se ausentar também contra o Joinville na próxima quarta-feira. O clube marcou sua posição numa nota justificando o atraso para a segunda reunião a gota d’agua para acirrar os ânimos. O clube já havia cometido alguns atos que atingiram diretamente sócios e torcedores. O Hino e a proibição da camisa com a #Fora Dal Farra são ações de confronto com a torcida.

SOLUÇÃO

Se o presidente entender que a presença dos Tigres na arquibancada é importante para dar ao time o gás para buscar as vitórias, dá o braço a torcer e resolve de vez esta crise. Ainda mais neste momento de contratações e possibilidade de se formar um bom plantel é primordial que haja o recuo para um entendimento que será saudável para todos.

VALE TUDO NO NADA VALE
O Fla-Flu de quarta-feira não era decisivo, pelo contrário era um simples jogo para cumprir tabela num campeonato com um regulamento indecente que poucos entenderam. O que se viu em campo foi uma verdadeira guerra entre os jogadores e um ataque incessante contra a arbitragem. Numa partida sem valor o clima bélico prevaleceu atingindo até o experiente técnico Abel Braga que acabou terminando a noite num hospital com arritmia. Abel passou mal quando seu time jogando com 10 fez de pênalti o gol da vitória aos 49 do segundo tempo.

29/03 – “FUNDAÇÃO DA CAPITAL BAIANA”
Em 29 de março de 1549, Thomé de Souza fundou a cidade da Salvador, uma das mais antigas do Brasil. Criada para ser a capital da colônia, permanecendo assim até 1763, Salvador é hoje uma das principais cidades brasileiras, palco das mais agitadas festas populares, como o Carnaval na Barra.
 

4oito

Deixe seu comentário