Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Missão inglória

João Nassif
Por João Nassif 02/10/2017 - 08:20

A série B disputada por 20 clubes no formato de turno e returno em pontos corridos começou em 2006. Esta forma de disputa está vigorando até hoje e a pontuação dos que sobem de divisão tem variado bastante. 

Como o atual campeonato está em andamento ainda não se pode afirmar qual a pontuação mínima para o acesso faltando 11 rodadas para seu final.
Se não se pode prever com segurança é possível uma projeção sobre quantos pontos serão necessários para que um dos 20 times seja pelo menos o quarto lugar que dá direito ao acesso.

Desde 2006 uma única vez um time subiu com 59 pontos, o Vitória da Bahia em 2007. Com 60 pontos o Figueirense ficou em quarto lugar em 2013. Com 61 pontos foram promovidos o América de Natal em 2006 e o Sport em 2011 e com 62 o Avaí em 2014.

A pontuação que mais vezes foi alcançada pelo quarto colocado foi 63 pontos conseguidos pelo Barueri em 2008, América Mineiro em 2010 e Bahia no campeonato do ano passado.

Criciúma x Joinville em 2012 (Foto: A Notícia)

Acima desta pontuação com 65 pontos subiram o Atlético de Guianense em 2009 e o América Mineiro em 2015 e em 2012 o nível máximo até agora do Vitória que precisou de 71 pontos para o acesso.  

Só lembrando que estas pontuações são dos quartos colocados em todos estes campeonatos por pontos corridos.

Fiz esta pesquisa para projetar o futuro do Criciúma neste campeonato a partir dos seus atuais 39 pontos. Pelo mínimo da história que são 59 pontos o Tigre terá que fazer mais 20 para conseguir subir. Terá que conseguir 61% dos pontos que ainda irá disputar.

Pela média dos 63 pontos o Criciúma terá que buscar mais 24 em 11 jogos, isto é, um aproveitamento de 73%. Como até agora seu rendimento foi de 48% se pode afirmar que a missão para o acesso é quase impossível de ser bem sucedida.
 

4oito

Deixe seu comentário