Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Já pode entregar o título às Mercedes?

João Nassif
Por João Nassif 28/08/2017 - 20:00

A cada corrida, temos uma história diferente. Se na Inglaterra Hamilton deu show, na Hungria é a Ferrari que dominou. Na volta das férias as coisas não mudaram tanto.

O fim de semana na Bélgica começou com as Ferraris dominando os treinos livres, mas foi Lewis Hamilton que conseguiu a 68ª pole na carreira, igualando a marca de Michael Schumacher – se nada der errado, o inglês pode já em Monza se tornar o piloto com mais poles conquistadas na história.

Na corrida não houve um domínio da Mercedes, como foi em Silverstone, mas um Hamilton que soube administrar a prova e segurar Vettel, que pressionava muito. Ricciardo, que vem fazendo um ano de tirar o chapéu, fechou o pódio. Bottas foi só o quinto.

Vettel na caça à Hamilton

Faltam oito corridas para o encerramento do campeonato, o alemão da Ferrari lidera com 220 pontos, sete a frente do britânico. Se este mesmo resultado se mantiver para a próxima corrida, algo que é bem provável, Hamilton vai se igualar aos pontos de Vettel. E mesmo que a Ferrari seja dominadora em Singapura, ainda será o inglês o candidato maior a título.

Se fizermos uma análise desde o início do campeonato, podemos ver, sim, que a Mercedes e a Ferrari tinham carros similares, onde um era bom de treino e outra se superava na corrida. A situação mudou. Com o crescimento de Valtteri Bottas e uma mudança de setup que deixaram a Ferrari para trás, ficou claro o favoritismo dos Flechas Prateados.
E tem o fator “jogo de equipe”. Já que Hamilton é um fortíssimo candidato a título, não me surpreenderia se Toto Wolff – chefe da Mercedes – pedisse a Bottas que sirva de segundo piloto.

Se a Ferrari não mostrar nenhuma melhora, respondo: Já pode entregar o título de pilotos e construtores às Mercedes.

Por Thiago Ávila

4oito

Deixe seu comentário