Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Balanço da série B - #11

Criciúma recordista dos cartões vermelhos
João Nassif
Por João Nassif 19/06/2018 - 20:00Atualizado em 19/06/2018 - 20:00

Na décima primeira rodada da série B prevaleceu os empates. Cinco jogos terminaram com igualdade no marcador, os mandantes venceram três jogos e os visitantes, dois. Ambos melhoraram o posicionamento na classificação, o Avaí que derrotou o Boa pulou para a vice-liderança e o Goiás que venceu o Londrina saiu da zona do rebaixamento.

O São Bento empatou em Campinas e continua como único invicto com oito empates e apenas três vitórias. Soma 17 pontos e mesmo sem perder é o sexto colocado.

Nesta rodada diminuiu o número de gols marcados em relação à rodada anterior, foram marcados apenas 17 e a média de 1,7 gols/jogo fez também cair a média do campeonato. Em 110 jogos foram marcados 262 gols com a média de 2,38 gols/jogo. O Fortaleza com os dois que marcou contra o Brasil de Pelotas chegou aos 20 gols no campeonato e continua com o ataque mais positivo. O mineiro Boa continua com o pior ataque, pois marcou apenas sete gols até agora.

O Fortaleza que sofreu apenas seis gols continua como a melhor defesa e a pior é a do Atlético-GO que sofreu 20 gols.

Cassiano do Paysandu e Gustavo do Fortaleza e Júnior Brandão do Atlético-GO, continuam como principais artilheiros da série B com seis gols cada um.

Nestes 110 jogos foram aplicados 587 cartões amarelos, o Londrina é o recordista com 39 cartões amarelos mostrados a seus jogadores. 

Com sete expulsões na rodada sobe para 35 o número de cartões vermelhos distribuídos pela arbitragem na série B. O Criciúma com seis expulsões continua sendo o time com mais jogadores que viram o cartão vermelho.
 

4oito

Deixe seu comentário