Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Amadorismo puro

João Nassif
Por João Nassif 18/09/2017 - 11:25

Simplesmente lamentável a demissão do técnico Luiz Carlos Winck. A soberba da direção do Criciúma apregoando a todos que ouvem que tem time para subir, quando contrariada toma medidas radicais para justificar o que convenhamos é totalmente injustificável.

A falta de investimento está diretamente ligada à falta de recursos e a G.A. tenta com discursos vazios mobilizar os torcedores, mas são poucos os que ainda acreditam em milagre.

Milagre, aliás proporcionado pelo Winck que pegou o time na zona do rebaixamento sem ponto ganho e o levou ao meio da tabela sendo que em alguns momentos flertou com o G-4.

Técnico Luiz Carlos Winck (Foto: 90goals)

Todos os times que brigam na ponta da classificação contrataram com o objetivo do acesso. O América foi buscar no Botafogo de Ribeirão Preto o atacante Edno que fez gol logo na estreia. Também do Botafogo foi para o Paraná outro atacante, Wesley. O Vila Nova contratou Lourency que estava na Chapecoense, o Ceará levou o Maikon Leite do Bahia e o Juventude tem Yuri Mamute do Grêmio como reforço. 

Todos atacantes, mas certamente com conhecimento do mercado e um pouco de disponibilidade financeira o Criciúma poderia ter reforçado o time em posições

O futuro é uma incógnita, pois além do técnico seu auxiliar e o preparador físico foram demitidos. A reposição será feita com o que existe em casa? Tem no mercado algum treinador disponível?

A resposta terá que ser rápida, pois tem viagem nos próximos dias para o jogo em Maceió.
 

4oito

Deixe seu comentário