Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

A classificação alimentou o sonho do acesso

João Nassif
Por João Nassif 19/09/2021 - 10:10Atualizado em 20/09/2021 - 07:45

Depois de várias tentativas para definir a classificação o Criciúma finalmente conseguiu passar de fase no campeonato brasileiro. A vitória sobre o Mirassol era esperada por ser um adversário sem mais nenhuma pretensão e o Criciúma conseguiu vencer com naturalidade.

Foi um jogo morno com o Mirassol acertando as traves por duas vezes, mas teve problemas defensivos que permitiram ao Criciúma com mais apetite marcar os três gols pela segunda vez na competição. A primeira foi contra o Oeste também no Heriberto Hülse por 3x1.

A campanha foi boa pelos resultados em casa onde o rendimento foi de 92,6%. Fora de casa o rendimento caiu violentamente para 20,8% ainda faltando o jogo final contra o Figueirense.

O técnico Paulo Baier desabafou no final sobre algumas críticas que vem recebendo, invocando seu passado no clube e no presente quando começou um trabalho do zero, pois a terra estava arrasada e conseguiu a classificação.

Teve méritos ao conseguir fazer os jogadores entenderem sua filosofia e aplicarem em campo, preservando o fator local há muito tempo esquecido por tantos quantos vestiram a camisa tricolor nos últimos anos.

Se o desempenho no Heriberto Hülse é espetacular, não é o mesmo como visitante, por isso a dúvida com relação ao acesso. Sabemos ser necessário continuar soberano em seus domínios, mas a busca de pontos fora de casa será fundamental para garantir a série B em 2022, alvo maior da temporada.
 

4oito

Deixe seu comentário