Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Um pré-candidato a menos em Criciúma

Denis Luciano
Por Denis Luciano 08/09/2020 - 13:55Atualizado em 08/09/2020 - 14:01

A lista de pré-candidatos a prefeito de Criciúma sofre um enxugamento. Nesta terça-feira, 8, em reunião no fim da tarde, o advogado e ex-vereador Douglas Mattos vai anunciar que retira seu nome para a disputa à prefeitura em 15 de novembro. Ele era o nome apontado pelo PCdoB como um possível candidato.

Atual presidente estadual do PCdoB, Douglas quer continuar empenhado no projeto de eleição proporcional do partido em Criciúma, na mesma linha do que vem participando em outras cidades de Santa Catarina nas quais os comunistas trabalham para reforçar suas representações.

"Estamos com uma boa nominata, de mais de 20 nomes para a Câmara em Criciúma, trabalhando para retomar um assento no Legislativo", informa Douglas. A última vez que o PCdoB teve um vereador em Criciúma foi justamente com Douglas, na legislatura 2005 a 2008. Em 2013, ele foi candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo então deputado Ronaldo Benedet (MDB).

PCdoB com Minotto

O PCdoB deve anunciar apoio à candidatura de Rodrigo Minotto (PDT). "Das propostas que temos aí colocadas é a que mais se afina conosco", justifica. Ele admite que houve conversas com o MDB, do candidato Dr. Anibal, para uma possível aliança. "Mas a conversa não evoluiu", observa.

Questionamos Douglas sobre uma possível parceria com o PT, que lançou o advogado Chico Balthazar para prefeito. "Estamos em momentos distintos. O PT está muito inclinado a trabalhar pela defesa do seu passado, da sua história, que é um direito legítimo do PT. Nós estamos olhando para a frente, para propostas de futuro, para o amanhã", argumenta.

Em contato com o blog na semana passada, Rodrigo Minotto já havia comentado que o PCdoB estava no possível arco de alianças do PDT para a disputa em 15 de novembro. A bola da vez para a coligação de Minotto é o PSL, que está em vias de anunciar o acerto para indicar o candidato a vice da chapa.

O cenário

Sem o PCdoB na lista - ele já era apontado como um candidato pouco provável, embora a insistência dos comunistas de mante-lo nessa condição - a relação de candidaturas em Criciúma vai nesse embalo, faltando oito dias para o término do período de convenções:

Clésio Salvaro (PSDB) - Com apoios de PSD, PP, Republicanos, Patriota, Solidariedade e Avante

Dr. Anibal (MDB) - com o apoio do DEM

Júlia Zanatta (PL) - com possível apoio do PTB e Podemos

Cosme Manique Barreto (Podemos) - ou possível coligação com o PL

Rodrigo Minotto (PDT) - possível coligação com PSL e PCdoB

Allison Pires (PSL) - ou possível coligação com o PDT

Chico Balthazar (PT) - possível coligação com o PCB

Ederson da Silva (PSTU)

4oito

Deixe seu comentário