Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

TRE dá ganho a Bruno contra PSB e Cleiton

Suplente buscava o mandato do deputado por infidelidade partidária
Denis Luciano
Por Denis Luciano 17/10/2019 - 22:47Atualizado em 17/10/2019 - 23:14

Está mantido o mandato do deputado estadual Bruno Souza. Em julgamento nesta quinta-feira no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o suplente Cleiton Salvaro perdeu por 7 votos a zero o pedido que fez, de cassação do titular por infidelidade partidária.

O processo era movido também pelo PSB, que reclamava de irregularidades no processo de desfiliação do deputado, registrado em fevereiro. 

O desembargador que tratou do caso acolheu os argumentos da defesa de Bruno Souza, de que o deputado teve razões justificadas  para deixar a sigla. O parlamentar fez uso de uma carta emitida pela antiga direção estadual do PSB, que lhe conferiu a liberação na ocasião.

Outro argumento utilizado pela defesa de Bruno Souza foi a guinada ideológica do PSB nacional, fato que mereceu fortes críticas na argumentação dos advogados.

Cleiton Salvaro, titular da legislatura passada, é primeiro suplente atualmente. O PSB elegeu três deputados em 2018: além de Bruno Souza, foram eleitos Nazareno Martins e Laércio Schuster. Nazareno também foi alvo de processo nesta quinta e, a exemplo de Bruno Souza, manteve o mandato.

4oito

Deixe seu comentário