Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Título de cidadão catarinense para Lula em xeque

Deputado criciumense garante que já há votos suficientes na Alesc para retirar a honraria do ex-presidente
Denis Luciano
Por Denis Luciano 19/02/2020 - 17:35Atualizado em 19/02/2020 - 17:38

A Assembleia Legislativa (Alesc) aprovou em 2008 um projeto para conceder ao então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o título de Cidadão Honorário de Santa Catarina. Ele recebeu a honraria somente em 2018, aprovada com louvor pelos deputados estaduais "por serviços prestados a Santa Catarina". O empenho dos deputados Ana Paula Lima, Luciane Carminatti e Dirceu Dresch, todos do PT, foi decisivo para a outorga.

Agora, o cenário é outro. A Alesc estava pronta para votar na tarde desta quarta-feira, 19, em plenário, o projeto do deputado Sargento Lima (PSL), para retirar a honraria. "Os argumentos são muitos, vários. Era muito ruim para Santa Catarina ter a sua honraria máxima entregue para um condenado. Nada mais justo que tirar essa honraria", disparou o deputado Jessé Lopes (PSL), que estava pronto para votar pela derrubada do título. "Já tínhamos maioria garantida para aprovar o projeto do deputado Lima", afirmou.

Ocorreu que o deputado Fabiano da Luz (PT) ingressou com uma emenda, forçando o envio da matéria para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Ganhou, assim, tempo para debater o tema e, quem sabe, serenar os ânimos de quem quer tirar o título de Lula. O ex-presidente recebeu a honraria em 24 de março de 2018 em um ato que reuniu milhares de simpatizantes em Florianópolis. Na ocasião, Lula articulava sua candidatura à presidência, reforçava em discurso sua inocência no caso do triplex do Guarujá, que acabou rendendo a condenação que o levou à prisão poucos dias depois, em 7 de abril. Ele foi solto em novembro de 2019.

Lula com os deputados petistas Luciane Carminatti, Dirceu Dresch e Ana Paula Lima recebendo o título de cidadão honorário em 2018

 

4oito

Deixe seu comentário