Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Tigre perde concorrência por volante do Concórdia

Denis Luciano
Por Denis Luciano 03/04/2018 - 12:01Atualizado em 03/04/2018 - 12:03

Conversei ontem no início da noite com o Gelson. Volante, 23 anos, do Concórdia. Estava nos planos do Criciúma. Negociava com o Tigre. Eis que vem de Joinville a notícia de que o JEC venceu a queda de braço pelo jogador, destaque do time mesmo com a fraca campanha do rebaixado no Catarinense. Ele marcou quatro gols pelo Concórdia, mais do que os artilheiros do Criciúma, no caso Zé Carlos, Maílson e Andrew, cada um anotou três. Bati um papo também com o Jaciel Segalla, diretor de futebol do Concórdia, que confirmou as especulações do Tigre por Gelson. "Ele veio do Tombense como uma aposta e foi bem. Tem potencial para crescer. Chega bem ao ataque e faz gols", definiu o dirigente.

Gelson vai para o JEC mesmo, disputar a Série C. Era um jogador do agrado do técnico Argel, que vinha monitorando o atleta e acompanhando ele. Seria, naturalmente, um reforço para grupo, em uma posição onde o Tigre tem Barreto e Jean Mangabeira. Não deu certo. Preocupante o Criciúma, sendo de Série B, perder a disputa por um jogador para um clube que jogará a Série C, com calendário e arrecadação menores. Mas vai na linha reforçada por Argel no domingo, quando ele disse que o clube não passará dos 30 ou 40 mil mensais de salário a pagar, pois tem um orçamento a cuidar e controlar.

O Criciúma segue no mercado atrás de mais um volante, um meia e um quinto jogador a se unir aos recém chegados Liel e Nicolas.

 

4oito

Deixe seu comentário