Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Solange Barp quer concorrer a prefeita

Ex-secretária municipal vai colocar seu nome à disposição do PSD
Denis Luciano
Por Denis Luciano 13/05/2019 - 18:59Atualizado em 13/05/2019 - 20:00

Tem nome novo no circuito para concorrer à prefeitura de Criciúma. A ex-secretária municipal Solange Barp está se colocando à disposição do PSD para a eleição de 2020. Solange vai, nos próximos dias, se reunir com o deputado Julio Garcia, principal líder e articulador do partido em nível estadual, oferecendo oficialmente a sua candidatura.

"Sei que o partido tem uma posição atual em relação ao governo", diz, referindo-se ao fato de Ricardo Fabris, do PSD, ser o vice-prefeito, e haver uma predisposição interna de buscar repetir a coligação com Salvaro. Mas Solange não descarta até a hipótese de buscar em outro partido um espaço para concorrer.

Ela pensa que está na hora de oferecer uma nova alternativa à cidade. Solange quer um discurso de oposição a Salvaro, entende que há diversos pontos que podem e devem ser atacados da atual gestão, e enfatiza que conta com um plano para Criciúma. "Tenho a experiência no Executivo, o conhecimento da máquina legislativa, uma visão da cidade e sou mulher. Nesses tempos de renovação na política, são fatores importantes", defende.

Solange é suplente do PSD na atual legislatura na Câmara. "Já me chamaram umas duas ou três vezes para assumir. Mas ir lá e ficar um mês?", questiona, sem muita empolgação. 

A aguardar a reação de Julio Garcia à sondagem que Solange fará. E ela coloca outro porém. "Vai depender muito do número de candidatos", observa, ponderando que se houver concorrentes demais poderá abrir mão da ideia.

E a lista, por enquanto, não vai sendo pequena. Com Salvaro no páreo, o PSL já informou que terá candidato, o NOVO busca um nome, o grupo de Gilson Pinheiro também, tem o DEM que corteja o vereador Julio Kaminski, o PP por enquanto aposta em Jorge Boeira, o MDB prepara algum nome internamente, o PT deve ter a professora Giane Rabelo e mais alguma candidatura que deve aparecer. É fato que falta menos de um ano e meio e, gradualmente, o cenário vai se desenhando.

4oito

Deixe seu comentário