Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Oeste sem Bruno Lopes contra o Criciúma

Atacante, ex-Tigre, é a referência ofensiva do adversário deste sábado. Ganhando, o Criciúma sai do Z-4
Denis Luciano
Por Denis Luciano 15/06/2018 - 19:51Atualizado em 15/06/2018 - 19:54

Longe de ser segredo o quanto o presidente Jaime Dal Farra gosta de Roberto Cavalo. Se dependesse somente da vontade dele, é bem possível que Cavalo fosse, hoje, o treinador do Criciúma. Recebeu sondagens no fim do ano passado, antes da contratação de Lisca, e no fim de janeiro, na crise que culminou com o retorno de Argel Fucks. Mas nas duas Cavalo agradeceu e enfatizou que tem um bom acordo no Oeste, e que planeja cumprir.

"O nosso plantel, quando estiver completo, é bom, é para subir", disse Cavalo, em bate papo conosco depois do treino da manhã desta sexta no Oeste, o adversário do Criciúma neste sábado, às 19h, na Arena Barueri. "Mas em algumas posições precisamos melhorar com contratações. O mercado está difícil, não tem jogador", pontua. A exemplo do Tigre, o Oeste está em busca de reforços.

Roberto Cavalo precisa ganhar do Tigre / Foto: Jefferson Vieira / Oeste FC

Para encarar o Criciúma, Cavalo tem duas baixas importantes. Não conta com o atacante Bruno Lopes, aquele mesmo, ex-Tigre, e com o zagueiro Leandro Amaro. Ambos titularíssimos cumprirão suspensão. O zagueiro Joílson está retornando de lesão, treinou entre os titulares e deve ir para o jogo. "Estou sem zagueiros", reclamou Cavalo. O lateral esquerdo Conrado, que também deixou o departamento médico, vai para o jogo.

O volante Wallace, de 20 anos, e o atacante Carlinhos, com 21, são duas das forças jovens do Oeste, e ajudam Cavalo a ditar uma receita, que ele pensa se aplicar ao momento do Criciúma também. "Futebol hoje é saúde, tem que ter mais saúde, só experiência não vai. Tem que ter experiência com saúde, e daí é gurizada nova". Como referenciais disso no Tigre ele cita, à distância, os volantes Eduardo e Jean Mangabeira, justamente os desfalques que Mazola tem por lesão.

Bruno Lopes não vai enfrentar o Criciúma / Foto: Jefferson Vieira / Oeste FC

Sobre Mazola, Roberto Cavalo é só elogios. "Ele achou um jeito de jogar, é um time com muita disposição". No Oeste tem outro velho conhecido do Criciúma, o volante Rodrigo Souza, que já passou pelo Majestoso. O time provável do Oeste para este sábado tem Tadeu, Daniel Borges, Patrick, Joilson e Conrado (Guilherme Romão); Lidio, Rodrigo Souza e Betinho; Mazinho, Danielzinho e Léo Artur (Carlinhos).

Na tabela, o Oeste vive um dilema semelhante ao do Criciúma. Se perder, vai para a zona de rebaixamento, embora hoje esteja fora dela. Estamos a caminho de Barueri, e contamos tudo do jogo a partir das 18h no Futebol Som Maior ao lado dos companheiros Jotha Del Fabro, Sarandi e Marco Búrigo. Até lá, gente da bola!

 

4oito

Deixe seu comentário