Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

O recado de uma contratação: a falta de opções

Denis Luciano
Por Denis Luciano 02/03/2018 - 10:40Atualizado em 02/03/2018 - 10:56

Sueliton chegou e vai para o jogo. Enquanto o lateral direito era apresentado no CT, o Boletim Informativo Diário (BID) da CBF acusava a regularização do jogador, já autorizado portanto a estrear com a camisa tricolor. Tudo muito rápido. Bem ao estilo do que vinha anunciando Argel: chegar, treinar e jogar. Este é um contundente recado daquilo que está óbvio: a falta de opções do Criciúma.

Outro recado neste sentido vem da lista de jogadores convocados para a viagem hoje iniciada rumo ao oeste. A lista tem dois goleiros, quatro laterais, quatro volantes, quatro meias, quatro atacantes e... três zagueiros. Três zagueiros? Sim, os titulares Sandro e Nino e o reserva Christian, que poderá jogar como volante em Concórdia, conforme a dúvida que o treinador deixou evidente no treino de ontem.

Argel começou a semana citando Christian como opção a Jean Mangabeira, mas ontem iniciou testando Barreto, que o próprio Argel qualifica não como primeiro, mas como segundo volante. Ou seja, além de poucos zagueiros com experiência para uma dureza como a luta contra o rebaixamento no Catarinense, o Criciúma tem pouquíssimos volantes de ofício, o primeiro, de imposição. Tanto é que Mangabeira está viajando com o grupo, mesmo não podendo jogar em Concórdia. Assistirá o jogo no Domingos Machado de Lima e, a partir de domingo, entra na roda para ser titular na quarta contra a Chapecoense.

Viajaram:

Goleiros - Luiz e Vinícius

Laterais - Sueliton, Andrew, Carlos Eduardo e Eltinho

Zagueiros - Sandro, Nino e Christian

Volantes - Barreto, Douglas Moreira, Eduardo e Jean Mangabeira

Meias - Élvis, Caio, Alex Maranhão e Luiz Fernando

Atacantes - João Paulo, Lucas Coelho, Maílson e Kalil

Ah, e cabe lembrar que Argel não estará no banco. É tudo com o Galego, o auxiliar que algumas vezes já substituiu o treinador. "Estamos há sete anos juntos e não é a primeira vez que ele vai me substituir", lembra. Em 2013, Argel foi expulso na segunda partida pelo Tigre, uma derrota por 4 a 1 para o Flamengo no Rio, e na rodada seguinte foi Galego quem orientou o time, em um 1 a 1 diante do Goiás em Goiânia. Na foto abaixo, Galego e Andrew, atrações tricolores deste sábado.

Outra anotação da lista dos convocados de Argel: um atacante no banco. Claro que por conta da opção por escalar três na linha ofensiva. Kalil chegou a treinar um período entre os titulares no lugar de Lucas Coelho, assim como, no meio, Caio foi testado no lugar de Alex Maranhão que, por sua vez, substituía Élvis a certa altura. Caio tem recebido elogios de Argel.

4oito

Deixe seu comentário