Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

No Avaí, a volta de Geninho com prazer

Denis Luciano
Por Denis Luciano 20/04/2018 - 16:32Atualizado em 20/04/2018 - 16:40

Em 2014 ele chegou, arrumou a casa e colocou o Avaí na Série A, em uma arrancada forte. Claudinei Oliveira fez o mesmo em 2016, o Leão caiu em 2017, sustentou o treinador mas agora ele nao resistiu. Foi demitido na quinta, depois da derrota de quarta para o Goiás e a eliminação na Copa do Brasil. Geninho acabou contratado no mesmo dia e hoje à tarde apareceu na Ressacada. Na apresentação, bateu na tecla das boas relações e do conhecimento que tem.

"Eu conheço muito bem o Avaí e a Ressacada, e me dei muito bem aqui, e tenho amigos aqui", lembrou. "Voltou muito empolgado", emendou. Geninho lembrou que o diálogo aberto com os dirigentes tornou fácil o acerto. O último clube de Geninho havia sido o ABC, na temporada passada. Ele deixou o Avaí durante o Catarinense de 2015, com uma má sequência de resultados. "É um prazer voltar para o lugar que você gosta", reforçou.

Geninho completa 70 anos em maio. Ele tem um currículo de peso. Foi campeão brasileiro em 2001 pelo Atlético (PR) e já trabalhou em Corinthians, Atlético (MG), Santos, Bahia, Goiás, Vasco, Sport Recife e tantos outros clubes. "Mas eu vou ser só mais um aqui", completou. O nome do treinador deve aparecer ainda hoje no BID e ficar em condições de reestrear neste sábado contra o Brasil de Pelotas, em casa, pela segunda rodada da Série B. O Avaí estreou perdendo para o Vila Nova por 1 a 0.

 

 

4oito

Deixe seu comentário