Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Mais sobre o caso do comerciante com Covid

Denis Luciano
Por Denis Luciano 12/08/2020 - 20:31Atualizado em 12/08/2020 - 20:31

Foi notícia do começo da semana em Criciúma a interdição de um estabelecimento comercial pois o proprietário estava atendendo contaminado pelo novo coronavírus. 

O caso teve novos desdobramentos. Acontece que o tal comerciante - segundo apuramos, da região da Santa Luzia -, foi contaminado, cumpriu o seu isolamento e estava curado.

Ocorre que, no teste ao qual submeteu-se, acusou positivo, sendo essa a razão para a punição ao comerciante. Mas e agora: ele seria um de muitos que contraem o vírus, se curam, o tempo passa e o coronavírus segue aparecendo no teste, mesmo estando morto no organismo e não mais transmitindo. Era assintomático.

Atestando tudo isso, o comerciante será autorizado a reabrir e voltar ao trabalho. Essa questão faz reacender um debate importante: a volta ao trabalho dos curados e a necessidade de diagnosticar. E de não fazer caça às bruxas.

4oito

Deixe seu comentário