Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Julio Lopes na presidência da UDN em Santa Catarina

Ele apresentou detalhes do projeto na Carta aos Catarinenses, lançada no começo da madrugada
Denis Luciano
Por Denis Luciano 09/03/2019 - 00:17Atualizado em 09/03/2019 - 00:22

A desfiliação do PSL na semana passada já fez avolumar as especulações, embora tenha no partido do presidente Jair Bolsonaro o seu filho, Jessé Lopes, recentemente eleito ao primeiro mandato de deputado estadual. Nesta semana, o pedido de tempo ao convite do prefeito Clésio Salvaro para assumir, pela quarta vez, a presidência da Fundação Cultural de Criciúma (FCC). Agora, finalmente, ele fez o prometido - a princípio para segunda-feira - e divulgou faz poucos minutos, por volta de 0h15min, a Carta aos Catarinenses.

Nela, o dentista Julio César Lopes anuncia que é o presidente da executiva provisória da renascida União Democrática Nacional (UDN) em Santa Catarina. Cabe lembrar que a UDN foi dos três partidos mais fortes do Brasil entre 1945 e 1966, quando o governo militar instituiu o bipartidarismo e os udenistas tiveram que compartilhar da Arena com grande soma de oriundos do PSD e de outras agremiações de menor porte da época.

Lopes já vinha dando alguns indícios do seu caminho rumo à UDN. Nesta semana, em entrevista à Rádio Som Maior, chegou a mencionar o novo partido que estava se estruturando para se manter na órbita do PSL e do presidente Bolsonaro. Logo, será base de apoio ao governo. Abaixo, a Carta aos Catarinenses assinada por Julio Lopes.

Carta aos Catarinenses

 

“Política é como nuvem, você olha e ela está de um jeito. Olha de novo e ela já mudou.” É com essa frase do famoso Udenista, Magalhães Pinto, que abro esta CARTA AOS CATARINENSES.

Digo o que sinto em meu coração conservador, que é a constante busca pelo ideal de aperfeiçoamento político. Para tanto, entro na abertura da reconstrução de uma nova UDN, mas conservando tudo aquilo que ela sempre foi, com seus valores e sua história. 

Com isso, sigo meus ideais democráticos, sempre homenageando meu avô, Major José Lupércio Lopes, e meu eterno amigo, Diomicio Manoel de Freitas. Também quero homenagear os governadores Udenistas de Santa Catarina que marcaram época, Irineu Bornhausen, Heriberto Hülse e Antonio Carlos Konder Reis. 

Claramente, temos como objetivo ser um partido de direita conservador dentro do contexto democrático que é o nosso país, buscando apoiar o maior representante conservador da nação, Jair Messias Bolsonaro.

É na qualidade de Presidente do Diretório Estadual (provisório) da UDN e membro do Conselho Político Nacional que venho conclamar todos aqueles udenistas históricos, descendentes e simpatizantes, para que, como soldados dessa missão, resgatemos o nosso partido. 

Fico pessoalmente à disposição para recolhimento de suas assinaturas de apoio para homologação do partido, não havendo, com suas assinaturas, qualquer vinculação ou filiação. 

Por fim, registro aqui meus votos de admiração pela brilhante iniciativa do atual Conselho Político da UDNacional e o agradeço, pois me delegou essa tarefa, ciente de que “missão dada é missão cumprida.”

Saudações UDNistas.
Dr. Julio Cesar Lopes.
Presidente da UDN Catarinense.
Membro do Conselho Político da UDNacional

4oito

Deixe seu comentário