Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Juiz propõe cancelar eleições e prorrogar mandatos

Prefeitos e vereadores atuais ficariam nos cargos até 2022 e o pleito seria unificado
Denis Luciano
Por Denis Luciano 22/03/2020 - 14:17Atualizado em 22/03/2020 - 14:18

Uma discussão já pautada em nível nacional está agora sendo reaberta: a unificação do calendário eleitoral. Um juiz paranaense está propondo, por força do coronavírus, a suspensão da eleição deste ano, prorrogando os mandatos de prefeitos e vereadores.

Confira abaixo a postagem que O Antagonista fez a respeito:

Entre as diversas propostas para alocar os R$ 2 bilhões do fundo eleitoral no combate ao novo coronavírus, surgiu uma ideia ainda mais ousada: cancelar as eleições municipais deste ano e estender o mandato dos atuais prefeitos e vereadores até 2022.

 

De quebra, a mudança promoveria a unificação das eleições, algo debatido há alguns anos em propostas que tramitam no Congresso com objetivo de economizar dinheiro. E, claro, evitaria todo o tumulto e os riscos que a pandemia trará às convenções e campanhas.

 

Um texto da proposta de emenda à Constituição está sendo redigido pelo juiz federal Anderson Furlan, ex-presidente da associação paranaense da classe e diretor da Escola da Magistratura Federal, para que seja adotada por algum parlamentar.

 

"A ideia é não realizar eleições esse ano e concentrar esforços e recursos no combate à pandemia, prestigiando o comando que está na linha de frente do enfrentamento da crise do COVID-19 e da crise econômica”, diz o magistrado. 

4oito

Deixe seu comentário