Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Fábio Ferreira: A volta de quem não quis sair

Denis Luciano
Por Denis Luciano 19/03/2018 - 10:16Atualizado em 19/03/2018 - 10:27

Ele já repetiu algumas vezes: "eu nunca quis sair do Criciúma. Situações que me levaram a sair". Assim, Fábio Ferreira reiterou que não queria ter saído em 2015, quando foi para a Ponte Preta e depois defendeu no Novorizontino. "Ano passado também teve contato para eu voltar, eu estava na Ponte Preta. Espero que essa volta seja boa como foi a minha primeira passagem".

É, mas da primeira passagem resultou uma ação trabalhista de quase R$ 2 milhões, da qual ele teve que renunciar - sem qualquer nova chance para apelação - para que o contrato fosse assinado. O zagueiro teve seu nome incluído no BID da última sexta-feira e está em condições legais de reestrear. "Tô bem. Eu estava em atividade. Perdi um dia e meio com a viagem, vim de carro de São Paulo. Treinei o fim de semana todo", afirmou.

Para Fàbio, é hora da entrega total nessa reta final do Catarinense. "Se estava dando 100, agora tem que dar 110, o Criciúma não merece estar nessa situação". Da passagem anterior, entre 2012 e 2015, restou pouca gente no Criciúma, ele lembrou na apresentação de hoje pela manhã "Funcionários mudou bastante. Jogadores, também. Zé, Sueliton, Marlon, Barreto, Dodi, o resto tudo jogador novo", apontou.

Fernando Ribeiro / Criciúma EC

Fábio Ferreira não quer fazer contas. Faltam quatro jogos no Estadual e o Tigre ainda corre sério risco de rebaixamento. "Um passo de cada vez. Vamos pensar agora no Avaí e depois nos outros adversários. Tentar fazer um bom jogo, um bom futebol lá. Acho que podemos sair de lá com resultado positivo", argumentou. O zagueiro foi só elogios ao técnico Argel, que participou da sua contratação. "É bom. Treinador que trabalhou em vários clubes, que conhece e sabe trabalhar com os jogadores. O Argel me ligou, conversou comigo e tudo deu certo", comentou.

E o mais recente reforço tricolor acredita que, lá no fim do ano, o Tigre pode sim comemorar o retorno à Série A. "Com certeza. Já tivemos provas de vários outros times que mesmo sem elenco de nome, conseguiram chegar. Se o time encaixar tem condições de lá em novembro irmos para a Série A". Fábio Ferreira está à disposição de Argel para, quem sabe, reestrear na quarta na Ressacada, diante do Avaí. Os treinos de hoje e amanhã dirão. Abaixo, a entrevista de apresentação do Fábio na íntegra.

 

4oito

Deixe seu comentário