Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Doriva cai? Dal Farra e seus muitos técnicos

O assunto da hora é a possível queda do treinador. Doriva é o décimo da GA em menos de três anos e meio
Denis Luciano
Por Denis Luciano 04/03/2019 - 21:37Atualizado em 04/03/2019 - 21:40

A conversa das últimas horas é sobre uma possível queda do técnico Doriva e do diretor executivo de futebol Nei Pandolfo. Houve uma primeira reunião, há uma segunda ainda e existe um grupo próximo ao presidente Jaime Dal Farra que defende a dispensa do treinador pelo Criciúma.

Nada é oficial por enquanto. Mas que existe uma crescente insatisfação interna, isso é fato. O empate com o Marcílio Dias no sábado esquentou os ânimos, elevou o debate e o presidente está pressionado a tomar providências no futebol.

Dal Farra em difícil momento / Foto: Denis Luciano / 4oito / Arquivo

Há quem diga que ele já estaria convencido a demitir Doriva e Pandolfo, e isso seria questão de pouco tempo. Estamos de olho.

Nei Pandolfo a perigo / Foto: Daniel Búrigo / A Tribuna / Arquivo

Cabe lembrar que Doriva é o décimo técnico da era Jaime Dal Farra, que começou em outubro de 2015 com Roberto Cavalo. Ele foi o treinador que mais tempo permaneceu com o atual presidente, até novembro de 2016. Foram treze meses.

Dal Farra com Roberto Cavalo, o técnico que mais comandou o Tigre com o atual presidente

Veio 2017 e com ele o segundo treinador de Dal Farra. Deivid ficou quatro meses no Tigre. Caiu e deu lugar a Luiz Carlos Winck, que permaneceu três meses no posto. Depois, Beto Campos, que ficou menos de dois meses no Criciúma. Daí veio a primeira interinidade de Grizzo, que fechou a temporada com duas partidas.

Chegou 2018 e a passagem relâmpago de Lisca, técnico do Criciúma por menos de duas semanas. Veio a segunda interinidade de Grizzo por três semanas. Argel Fucks assumiu e permaneceu no cargo por dois meses e meio. Depois, Mazola Júnior, o segundo treinador que mais tempo ficou com Dal Farra, pouco mais de seis meses. Agora, Doriva, com menos de dois meses no comando tricolor e na corda bamba.

Mazola Júnior comandou o Tigre por seis meses / Foto: Daniel Búrigo / A Tribuna / Arquivo

Na sua entrevista coletiva de sábado, após o empate em 1 a 1 com o Marcílio Dias, o diretor Nei Pandolfo disse que Doriva segue firme. "Nenhuma preocupação. Ele é o treinador, tem o controle de todo o elenco, é um excelente profissional, muito trabalhador".

Antes, Doriva fez elogios ao Marcílio, lamentou a ausência do volante Eduardo. "A dificuldade está evidente, os atletas estão tendo oportunidades e não conseguem aproveitar", comentou. Ele teve até um incidente com um torcedor, com quem discutiu na saída de campo. Depois, pediu desculpas. Confira o que disse Doriva no sábado.

 

4oito

Deixe seu comentário