Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Dal Farra promete investir. Mazola é o "ficha 1"

Presidente reúne-se hoje com o treinador. Permanência do executivo de futebol também na pauta
Denis Luciano
Por Denis Luciano 26/11/2018 - 10:17Atualizado em 26/11/2018 - 10:25

Passado o sufoco da fuga do rebaixamento na Série B, o Criciúma já está de olho em 2019. A meta é seguir à risca a sugestão que o técnico Mazola Júnior deixou após os 2 a 0 de sábado frente ao Sampaio Corrêa. "O Criciúma precisa se dar conta que a Série B começa em novembro", disse ele.

Vacinado, depois de dois anos namorando o Z-4, o Criciúma não quer perder tempo. Tanto que a segunda-feira já tem como pautas prioritárias as possíveis renovações de contrato com o técnico Mazola Júnior e com o diretor executivo de futebol Nei Pandolfo. O dia será de reuniões.

Dal Farra, Mazola e Pandolfo. Hoje tem reuniões entre eles / Foto: Denis Luciano / Arquivo

Ao que tudo indica, Mazola reúne unanimidade interna. Já para Pandolfo será necessário vencer uma que outra barreira. E a questão é que Mazola já deixou claro que quer trabalhar com Pandolfo. "Nossa sintonia foi muito grande", disse, no sábado, em tom de aviso à diretoria. "É profissional de Série A", rotulou.

E o presidente deu uma informação valiosa no sábado à noite, após a partida. Ao colega Reginaldo Corrêa, que comigo divide o Programa Papo de Bola nos domingos à noite, na RTV, Dal Farra enviou uma mensagem avisando: "Eu vou investir".

Dal Farra promete investir. Isso pode ajudar Mazola a ficar / Fotos: Caio Marcelo / Criciúma EC

A predisposição do presidente nos foi confirmada no Papo de Bola de ontem à noite pelo superintendente do Criciúma, Róbson Izidro. "O presidente está aliviado, empolgado e valeu o aprendizado. Vamos errar menos, com certeza", afirmou, lembrando os mais de R$ 3 milhões citados outro dia por Dal Farra como a conta do desperdício em contratações equivocadas. Deixou claro que a análise de desempenho do clube terá mais peso, e o Criciúma será mais cauteloso e pontual nas contratações.

Para medir a febre do torcedor, lancei ontem à noite duas enquetes em minhas redes sociais sobre ficar ou não com Mazola. A preferência pelo treinador é de quase 100% via Facebook. No Twitter @denisluciano, deu 67% a favor, 33% pela troca.

Antes do jogo, no sábado, perguntei ao Róbson na Som Maior e ele repetiu ontem na RTV: "o perfil do nosso futuro técnico é vencedor. E o Mazola tem perfi para ser vencedor. Ele vai ser um dos grandes treinadores do Brasil". Mais um indicativo, além do adiamento do início das férias pelo próprio treinador, de que ele pode renovar.

Barreto e Marlon voltam

Mas espere-se uma grande renovação no elenco. Dentre as poucas informações a respeito dadas por Izidro, está a constatação de que "sim, vamos ter bastante renovação no elenco". Não será de se estranhar que o Criciúma priorize as renovações com o zagueiro Sandro, o lateral Marlon e o meia Gabriel, este último uma aposta para o futuro. O goleiro Luiz tem contrato em vigor e, claro, fica. O goleiro Vinícius, o zagueiro Nino e o volante Eduardo são realidades que ficam e com prestígio em alta.

O Criciúma estará recebendo dois jogadores de volta em breve: o lateral esquerdo Marlon Xavier e o volante Barreto. Ambos tem contrato em vigor com o Criciúma e os empréstimos para Fluminense e Chapecoense, respectivamente, estão terminando. Ambos aparecem nos planos do Tigre para o ano que vem.

Volante Barreto voltando / Foto: Denis Luciano / Arquivo

Izidro reconheceu dificuldades para renovar o contrato com o volante Jean Mangabeira. O jogador estaria colocando algumas resistências, alguns poréns (talvez financeiros) que estariam dificultando o acerto. Mas é intenção do Criciúma também renovar com ele. Deve dar certo.

Não está tão tranquila a renovação com Jean Mangabeira / Foto: Caio Marcelo / Criciúma EC

Há uma tentativa pela permanência do volante Liel. Artilheiro do Criciúma na Série B com oito gols, o jogador está no topo das tentativas de renovação. O Atlético Tubarão só aceita negócio se o Criciúma exercer a prioridade de compra. O valor é até alto, mas poderia ser mais se o contrato não tivesse sido firmado lá no fim do Catarinense, com Liel ainda desconhecido e tendo que abrir espaço. "Ele foi muito bem aqui. Jogou até com o nariz quebrado. Tem chance de ele ficar conosco", conta o superintendente.

Marlon tem chances de ficar / Foto: Caio Marcelo / Criciúma EC

São pouco prováveis as permanências do lateral Sueliton e do zagueiro Fábio Ferreira. Emprestados, como o atacante Vitor Feijão e os volantes Marlon Freitas e Ralph voltam aos seus destinos e também é praticamente certo que não voltem para 2019. Deve ser o mesmo caso do goleiro Belliato, embora o desempenho razoável dele no Criciúma. Acontece que, no ano que vem, o clube quer dar mais chances a Vinícius, e Belliato tem contrato com o Tubarão. O zagueiro Jacy Maranhão segue emprestado pelo Atlético (PR) e pode continuar por aqui. Não é o caso do meia Luiz Fernando, o primeiro a sair, que na semana passada já retornou para o Cruzeiro.

Vitor Feijão volta para o Paraná / Foto: Caio Marcelo / Criciúma EC

O meia Alex Maranhão já se despediu, sábado em entrevistas e ontem nas redes sociais disparou uma série de mensagens agradecendo ao Criciúma. Outro dia, no Do Avesso na Som Maior, ele indicou que vai ficar morando em Criciúma.

A despedida de Alex Maranhão via Facebook

Se Mazola renovar, cresce a cotação para dois jogadores ficarem: Elvis e Zé Carlos. O treinador gosta do Elvis, viu empenho suficiente nele para continuar. E sobre Zé, a chance dele permanecer no Tigre é com Mazola. O mesmo vale para o volante Ronaldo, que veio emprestado da Ponte Preta e, caso o treinador renove, há chances de o Criciúma trabalhar pela permanência dele.

Zé Carlos, com Mazola, tem chances de ficar / Foto: Caio Marcelo / Criciúma EC

Patrick e Iago serão devolvidos ao Grêmio. Joanderson, para o Internacional. Nicolas não deve ficar também. E não será surpresa se o Criciúma trabalhar pela permanência de João Paulo. O atacante, que sofreu aquele edema ósseo contra o Londrina, ainda no turno, voltou para Criciúma faz poucos dias e está em recuperação física. Ele é do São Paulo, que certamente vai emprestá-lo de novo no ano que vem.

Andrew está na cota daqueles da casa, e fica. O Tigre aposta nele, com reforço muscular caprichado, claro. Kalil poderá ser emprestado. Carlos Eduardo, idem. Walacer não fica. Lucas Coelho, idem. E tem a turma que vem da base com respaldo e olhar atento, casos dos goleiros Ronaldo e Diego, do zagueiro Christian, do meia Reinaldo e do atacante Julimar.

Feito esse breve balanço, confirmamos a impressão passada ontem pelo Róbson: a renovação vai ser grande. Lembrando que o Criciúma já está a menos de dois meses de seu próximo jogo: 17 de janeiro, no Heriberto Hülse, a estreia no Catarinense contra o Figueirense. Ah, para ilustrar os sustos recentes no Brasileiro, é bom recordar, abaixo, as campanhas do Criciúma nos três anos da gestão Dal Farra na Série B:

2016 - 8º lugar com 56 pontos - 7 atrás do G-4 (Atlético-GO, Avaí, Vasco e Bahia), 16 à frente do Z-4 (Joinville, Tupi, Bragantino e Sampaio Corrêa)

 

2017 - 13º lugar com 48 pontos - 4 à frente do Z-4 (Luverdense, Santa Cruz, ABC e Náutico), 16 atrás do G-4 (América-MG, Internacional, Ceará e Paraná)

 

2018 - 14º lugar com 47 pontos - 4 à frente do Z-4 (Paysandu, Sampaio Corrêa, Juventude e Boa Esporte), 13 atrás do G-4 (Fortaleza, CSA, Avaí e Goiás)

4oito

Deixe seu comentário