Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Criciúma ainda tenta Vico, do Grêmio

Kleina fez consulta a Renato Gaúcho e espera por resposta até esta terça-feira
Denis Luciano
Por Denis Luciano 08/07/2019 - 10:42Atualizado em 08/07/2019 - 10:45

O Criciúma ainda tem a expectativa de contratar o atacante Vico, do Grêmio. O jogador foi alvo de uma sondagem na segunda quinzena de maio e o assédio foi reiterado na última sexta-feira, 5, quando do jogo-treino do Tigre no CT do clube gaúcho, em Porto Alegre. O técnico Gilson Kleina conversou com o colega do Grêmio, Renato Gaúcho, sobre o jogador.

"Sim, o Kleina e o Renato são amigos, o Kleina fez sim uma sondagem, perguntou se eles poderiam liberar o Vico. O Renato ficou de pensar, tem chances. O Renato gosta muito dele", confirmou o diretor executivo de futebol do Criciúma, João Carlos Maringá. "Ele é um canhoto que joga muito bem pelas extremidades, faz um papel de meia atacante pela esquerda também. Se o Grêmio liberar e o Vico não estiver muito fora dos nossos padrões financeiros, queremos trazer sim", reforçou.

Vico jogou no Gauchão contra Aimoré e Caxias e também defendeu o Grêmio na Copa do Brasil diante do Juventude
Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Mas há um problema. A boa campanha que o atacante Everton fez na Copa América, com a Seleção Brasileira - ele terminou como craque da decisão, artilheiro e campeão - poderá atrapalhar os planos do Criciúma. É que fala-se em uma proposta de 50 milhões de euros do Bayern de Munique pelo jogador e, caso saia o negócio, o Grêmio abriria espaço para Pepê e Vico serem mais aproveitados.

Em busca de outros reforços, Maringá fez contato com o técnico Luiz Felipe Scolari e o executivo de futebol Cícero Souza, do Palmeiras. "Eles nos informaram que no Palmeiras não contam com jogadores em condições de jogar a Série B e disponíveis para empréstimo", lamentou o diretor do Criciúma.

Ele confirmou que houve um interesse do Tigre pelo meia Vitinho, que o Palmeiras emprestou ao São Caetano no último Campeonato Paulista. "Mas ele está indo para a Europa", informou.

Vitinho, meia do Palmeiras e que esteve emprestado ao São Caetano, também interessou ao Criciúma

Com essas dificuldades, e mais as limitações de orçamento, tudo indica que o Criciúma vai seguir sem mais reforços por um bom tempo. O único acertado "já faz 70 dias", lembra o próprio Maringá, é o meia Foguinho, do Caxias. Ocorre que o clube gaúcho classificou-se ontem para as quartas de final da Série D. Vai brigar pelo acesso à Série C contra Brusque ou Boavista (RJ). "Na pior das hipóteses para nós, se o Caxias for até a decisão, ele se libera no fim de julho. Então no máximo em agosto já estamos com o Foguinho aqui reforçando o nosso elenco", garantiu Maringá, lembrando que esse jogador tem características semelhantes as de Wesley e Eduardo. "É uma alternativa a eles", pontuou. "Vai agregar muito", concluiu.

4oito

Deixe seu comentário