Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Alemanha e México, Metropolitano e Barroso...

Não são só as séries B, C e D do Brasileiro. A Segundona Catarinense também rivaliza com a Copa do Mundo
Denis Luciano
Por Denis Luciano 18/06/2018 - 11:40Atualizado em 18/06/2018 - 11:48

Enquanto a Alemanha vivia um drama para tentar empatar com o México - o que acabou não conseguindo -, o Almirante Barroso buscava um ponto fora de casa contra o Metropolitano. Sim, algumas centenas de heroicos torcedores de Blumenau - justamente da germânica e loira Blumenau - deixaram os confortos de suas salas e do convívio com amigos e família curtindo uma Copa do Mundo para assistir ao encontro dos rebaixados do último Catarinense pela terceira rodada da Série B estadual ontem.

Metropolitano e Barroso começaram a jogar às 11h. Quando a bola rolou em Alemanha x México, às 12h, os times de Blumenau e Itajaí já estavam no intervalo após um movimentado 2 a 2 no primeiro tempo no estádio do Sesi. A etapa final da partida do Catarinense coincidiu com o primeiro tempo do confronto na Rússia envolvendo os atuais campeões do mundo.

Metropolitano e Barroso concorrendo com Alemanha e México

O mais conhecido do confronto no Sesi era, inegavelmente, o técnico do Barroso, o experiente Agnaldo Liz. O Barroso saiu na frente, gol de João Paulo, aos 10 minutos. O Metro virou com Wayni, aos 18, e Bruninho, aos 23 minutos. Ainda na etapa inicial, os visitantes igualaram com gol de João Paulo, aos 47. Ao menos Metropolitano e Barroso não ousaram fazer gol enquanto disputavam atenções com alemães e mexicanos.

As outras duas partidas da manhã passada pela Série B do Catarinense fugiram de Alemanha x México, mas concorreram com Costa Rica 0x1 Sérvia, que  jogaram a partir das 9h. Às 10h, no Camilo Mussi em Itajaí (aquele gramado sintético e das múltiplas marcações estranhas onde o Criciúma jogou ano passado), o Barra perdeu para o Camboriú por 1 a 0. Também às 10h, no João Marcatto, em Jaraguá do Sul, o Juventus tomou 2 a 0 do Blumenau.

Camboriú, de laranja, ganhou do Barra em Itajaí

Sobre o Camboriú, que tem o super rodado e especialista em acessos Mauro Ovelha como técnico, o time conta com o volante Ruan, ex-Criciúma, como titular, e outro ex-Tigre, Mateus Arence, no banco de reservas. Há poucos dias contrataram o atacante Matheus, formado na base do Tigre e que não faz muito andava treinando com os profissionais aqui. Paulinho fez o gol da vitória do Camboriú aos 33 do primeiro tempo.

Mauro Ovelha, o técnico do Camboriú

Lembram do zagueiro Rogélio, que jogou no Criciúma? Ele fez um dos gols do Marcílio Dias que no sábado conquistou a sua primeira vitória: 2 a 0 sobre o Guarani de Palhoça no estádio Hercílio Luz, em Itajaí. Abner anotou o outro gol. Mas a sensação da arrancada da Segundona Catarinense é o Fluminense de Joinville. Foi a Itaiópolis, no sábado, e venceu o Operário de Mafra por 3 a 2.

Marcílio bateu o Guarani em Itajaí, 2 a 0

Na quarta-feira tem mais. Às 16h, Almirante Barroso x Juventus em Itajaí, no Camilo Mussi. Às 20h, Camboriú x Operário no estádio Roberto Garcia, em Camboriú, e Guarani x Barra no Renato Silveira, em Palhoça. Às 20h30min, Fluminense x Metropolitano na Arena Joinville e Blumenau x Marcílio Dias no Sesi, em Blumenau. Lembrando que dois vão subir para a elite do Catarinense de 2019, para as vagas dos rebaixados Inter de Lages e Concórdia. Abaixo, a classificação.

Reprodução / FCF

 

4oito

Deixe seu comentário