Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Ada de Luca para prefeita? Ela está se empolgando

Deputada prepara transferência de domicílio eleitoral para Criciúma e admite a possibilidade de concorrer pelo MDB
Denis Luciano
Por Denis Luciano 24/10/2019 - 11:59Atualizado em 24/10/2019 - 12:00

Consulta que está sendo desenvolvida em um perfil de Facebook destinado a pesquisas eleitorais ajudou a animar a deputada estadual Ada de Luca em uma ideia: concorrer a prefeita em 2020 pelo MDB. Aliados e pessoas próximas incentivam e Ada está preparando a transferência de seu domicílio eleitoral para Criciúma. Atualmente, ela vota em Laguna.

Ada apareceu na tal consulta confrontando Clésio Salvaro (PSDB) e, a certa altura, perdia por 59% a 41%. Depois, a vantagem do prefeito foi aumentando, mas nada que fizesse arrefecer os ânimos dos amigos e correligionários que estão incentivando Ada a encarar a empreitada.

A leitura interna de setores do MDB é que Ada representa a raiz do partido, possui trãnsito interno e com as bases, já tem a garantia de um mandato parlamentar que lhe respalda e até o apelo emocional em relação ao recentemente falecido marido dela pesou. Walmor de Luca seria, certamente, um incentivador da candidatura. E o nome aparece em um momento de vácuo, no qual o MDB não desponta com outro nome de peso local e regional, mas a direção local está pressionada a ter um candidato, pela importância que Criciúma tem no mapa político estadual.

Cabe lembrar, por outro lado, o termômetro que representa para uma candidatura própria do MDB - fala-se até em chapa pura - a representação na Câmara. Não é negado que a grande prioridade do MDB é assegurar uma bancada de ao menos quatro vereadores na eleição do ano que vem. E entre os vereadores, há quem esteja próximo de Clésio Salvaro. É o caso de Tita Beloli, que será o presidente do Legislativo em 2020 com o apoio do Paço.

Mas o nome está posto. E não será surpresa se o MDB for mesmo de Ada de Luca em 2020.

4oito

Deixe seu comentário