Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

A boa ficha de Joanderson, novo atacante do Criciúma

Tratado como joia da base no São Paulo, foi campeão e artilheiro da Copa do Brasil sub-20. No Internacional, deu passe para gol polêmico. No Atlético, enfrentou o Tigre e não fez gols
Denis Luciano
Por Denis Luciano 11/07/2018 - 18:05Atualizado em 11/07/2018 - 18:07

Joanderson pintou em 2015 como grande aposta das categorias de base do São Paulo. Artilheiro da campanha do tricolor paulista na conquista do título da Copa do Brasil sub-20 em 2015 com seis gols, não conseguiu seguir os passos de David Neris, um dos mais bem sucedidos daquela geração.

Agora, ele chega no Criciúma. Contratado para a Série B, o centroavante canhoto de 22 anos fez seu primeiro treino com os novos colegas na tarde desta quarta-feira no CT Antenor Angeloni. Correu em torno do gramado e conversou com o preparador físico Ramon Fabris. "Ele veio de longe, viajou o dia todo. Amanhã vamos poder avaliar mais", nos disse Ramon.

Joanderson correndo no gramado do CT hoje / Foto: Denis Luciano / 4oito

Joanderson de Jesus Assis é baiano de Jequié, nsceu em 16 de fevereiro de 1996 e começou no São Paulo, pelo qual teve três convocações para a Seleção Brasileira Sub-17, anotando dois gols. Em 2016 esteve emprestado ao Cruzeiro.

Artilheiro pelo São Paulo na Copa do Brasil Sub-20 em 2015

Em 2017 chegou no Internacional para reforçar o time B e a base. Destacou-se na equipe que disputou a Série C do Campeonato Gaúcho com 18 gols em 26 jogos. Chamou a atenção de Guto Ferreira e foi guindado ao elenco principal. Participou da campanha colorada na Série B. Foi dele o passe para um polêmico gol de William Pottker no 1 a 0 sobre o Luverdense no Beira Rio.

Joanderson e o lance do gol polêmico no Inter / Foto: Lauro Alves / Agência RBS

No começo desse ano, ainda emprestado pelo São Paulo ao Inter até o fim de 2018, o clube gaúcho optou por emprestá-lo ao Atlético Goianiense. A convicção no colorado era de que seria melhor ter ele jogando. Fez três partidas no Campeonato Goiano e seis na Série B, sem anotar gols. Não foi titular. Na B, entrou no segundo tempo na vitória do Atlético sobre o Criciúma por 3 a 2, em Goiãnia, na primeira rodada da competição. Seu último jogo foi há um mês, dia 9 de junho, na derrota por 4 a 3 em casa para o Figueirense.

Ele não teve sucesso no Atlético Goianiense. Enfrentou o Tigre na abertura da Série B

O Criciúma ainda não fez o anúncio oficial nem marcou a apresentação do jogador. Precisa, certamente, dos últimos exames para então assinar o contrato e providenciar a inscrição no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Último jogo de Joanderson pelo Atlético foi há um mês / Foto: Denis Luciano / 4oito

Com Joanderson o Criciúma chega a nove atacantes no elenco: ele mais Zé Carlos, Lucas Coelho, Vitor Feijão, João Paulo, Andrew, Nicolas, Julimar e Kalil.

4oito

Deixe seu comentário