Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Uma frente pelas Serras do Sul! (ÁUDIO)

Por Adelor Lessa 15/02/2023 - 09:04 Atualizado em 15/02/2023 - 09:14

Na Assembleia Legislativa, deputados estaduais estão montando uma Frente Parlamentar pela BR-282, que vai de Florianópolis ao Oeste do Estado, cruzando o planalto.

Como se trata de uma rodovia federal, terá que ter investimentos do Governo Federal.

Os deputados que estão montando a Frente querem criar força política suficiente para fazer movimento de pressão que consiga tirar das promessas de eleição os investimentos da BR-282.

Eles querem, por exemplo, a implantação de terceira faixa entre a Serra Catarinense e o Litoral, para aumentar a segurança e fazer fluir melhor o escoamento da produção que vem inclusive do Oeste.

Isso é não ficar sentado na praça esperando e dando milho aos pombos. 

Os deputados estaduais do Sul, que são oito, são a maior bancada regional na Assembleia, poderiam fazer uma Frente pela Serra da Rocinha e a BR-285q, ou pela Serra do Faxinal, ou pelas serras.

No caso da 285, rodovia federal, pela conclusão da obra no lado catarinense e pela execução no trecho gaúcho.

É um trechinho curto no lado do Rio Grande, em São José dos Ausentes, mas se não for concluído não vai permitir que a BR-285 cumpra o papel de escoamento da produção e ligação mais fácil e rápida da serra gaucha com o litoral catarinense e o Porto de Imbituba.

No caso da Serra do Faxinal, uma Frente assim terá força suficiente para destravar a tal da ASV, Autorização para Supressão de Vegetação, que é simplesmente a autorização para cortar o mato, que o Ibama não libera faz anos. E sem isso, a obra na Serra não anda.

A obra na Serra do Faxinal é do Governo do Estado, o recurso está reservado, licitação foi feita, definida a empresa que vai fazer, ordem de serviço entregue. Mas a empresa está lá, montada, esperando a tal da autorização do Ibama para cortar o mato.

E ela vai embora.

Não vai esperar indefinidamente.

Se até o fim do mês nao sair a autorização do Ibama, a obra da Serra do Faxinal voltará à estaca zero.

Mas, uma Frente de oito deputados estaduais do Sul, mais os quatro federais, pode resolver.

Basta ter vontade e decisão de fazer acontecer.

Se os deputados do Planalto e do Oeste estão fazendo uma Frente pela 282, por que os deputados do Sul, todos, não podem fazer uma frente da Serra do Faxinal e pela 285?

Ouça o editorial desta quarta-feira (15):

 

Copyright © 2022.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito