Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Ponticelli com Bolsonaro e pesquisa nova do Datafolha divulgada hoje

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 20/09/2018 - 06:23Atualizado em 20/09/2018 - 11:16

O prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, vice-presidente da executiva estadual do PP, deve anunciar entre hoje e amanhã o apoio à candidatura do deputado Jair Bolsonaro à presidência da república.

Decisão está tomada, mas ele disse ontem à noite que ainda tem algumas consultas a fazer.

-“É preciso ousar, porque como está não vai longe, o país não aguenta, os municípios vão quebrar, tem que mudar o modelo, e para mudar de verdade, só alguém como ele”, vaticinou.

O apoio de Ponticelli para Bolsonaro não se trata de movimento isolado. Ele será o segundo aliado de Gelson Merisio, candidato do PSD a governador, a anunciar apoio.

Ponticelli poderá levar junto um grupo e prefeitos e vereadores da regi!ao.

Antes deles, o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, ex-PSB, fechou com Bolsonaro, o que lhe valeu a expulsão do partido.

Merisio, ainda não vai. Já está fazendo consulta a aliados desde o começo da semana, mas não tem nada programado. Pelo menos no primeiro turno. 

No segundo turno, é outro momento.

Mas, a ida agora de Buligon, Ponticelli e outros aliados garante a reserva de apoio e encaminham a dobradinha.

Se fizesse anúncio agora do apoio a Bolsonaro, Merisio poderia criar uma crise na sua campanha, já que vários partidos da sua coligação tem candidatos a presidente ou apoiam outras chapas.

PC do B, por exemplo, é vice do PT, e PDT tem candidato a presidente.

Mas, ele manifestou simpatia a Bolsonaro faz pelo menos quatro meses. 

Bolsonaro tem em torno de 50% das intenções de voto em todas as pesquisas de intenção de voto no estado.


Outro lado

Se Gelson Merisio e Mauro Mariani, MDB, fizerem a disputa de segundo turno no estado, vai restar ao candidato do MDB buscar o apoio do PT e de Decio Lima.

Para isso, Mariani terá que apoiar Haddad.


Com empresários

No domingo à noite, Gelson Merisio esteve em Criciúma, sem alarde, para uma reunião com um grupo de empresários.

O encontro foi organizado pelo empresário Guto Fretta.


Com Guidi

Gelson Merisio voltará hoje à Criciúma para participar do lançamento da candidatura a deputado federal de Ricardo Guidi, PSD.

Será um fato novo porque, mesmo sendo do mesmo partido, será o primeiro ato da campanha em que os dois estarão juntos. Os dois vinham se movimentando “em separado” na cidade e região.

Os candidatos ao senado, Raimundo Colombo, PSD, e Esperidião Amin, PP, também participarão.


Com Ulysses

Merisio também participará do lançamento da candidato de Ulysses Gabriel a deputado estadual, em Orleans.


Sem reunião

Gelson Merisio, PSD, e Clesio Salvaro, PSDB, embora em coligações diferentes, estão em sintonia à distância.

Os dois tem conversado por telefone, mas não vão se encontrar. Para evitar desgaste.


Pesquisa nova do Datafolha

O Datafollha divulgou na madrugada de hoje apontou nova pesquisa sobre a eleiçãopresidente.

Jair Bolsonaro (PSL) confirma liderança e Fernando Haddad (PT) em segundo.

Os números - Bolsonaro tem 28% contra 16% de Fernando Haddad (PT) e 13% de Ciro Gomes (PDT).

Geraldo Alckmin (PSDB) tem 9% e Marina Silva (Rede) alcançou 7%.

João Amoêdo (Novo) e Álvaro Dias (Podemos) somam 3%. Henrique Meirelles (MDB) tem 2%. Vera Lucia (PSTU) e Guilherme Boulos (PSol) estão com 1%. Cabo Daciolo (Patriota), Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram.

Na principal projeção de segundo turno, reunindo os atuais dois primeiros, Bolsonaro e Haddad empatam em 41%.


Na diretoria

Enquanto tratava ontem da adesão à campanha de Bolsonaro, o prefeito Joares Ponticelli recebeu um convite que não tinha nada a ver com isso. 

Será vice-presidência da Frente Nacional de Prefeitos.

Foi informado que depois da eleição (no segundo turno), a Frente terá um encontro com o presidente eleito para tratar de uma reforma tributária no país.


Os finalistas

O bem informado site O Antagonista registrou ontem:

"Diante do quadro atual, as chances de segundo turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad são de 80%, diz relatório divulgado nesta tarde pela Arko Advice.

Apenas o surgimento de fatos novos teria potencial para produzir mudanças no cenário”.


A conta

Geraldo Alckmin, PSDB, está “pagando a conta” do governo Temer, de Aecio Neves e dos “denunciados" do PSDB.

Depois de quatro mandatos de governador de São Paulo, não passa de um digito na pesquisa.

Henrique Meireles, reconhecidamente competente, também paga a conta do desgaste de Temer e foi abandonado pelo MDB.


Ato do PDT

O PDT faz ato, amanhã, em Florianópolis, com a presença da senadora e candidata a vice na chapa de Ciro Gomes (PDT), Kátia Abreu.


Das filas

Em síntese, a nota oficial distribuída pela secretaria de saúde de Criciúma transfere para o governo do estado a manutenção das longas filas por espera de consultas e exames médicos na rede pública da cidade.

Na terça-feira, vereadores voltaram a cobrar na tribuna da câmara municipal solução para o problema das filas porque nada mudou.

A secretária Francieli Gava deverá ser chamada pela câmara para dar explicações em uma das sessões da próxima semana.


Turismo do Sul

A Associação Empresarial de Criciúma (ACIC), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) realiza, hoje, mais um evento dentro da proposta de unir forças para fomentar o desenvolvimento regional. Com potencial para o setor, o Sul receberá o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, que é daqui e conhece bem as demandas e as potencialidades das cidades. O evento será na ACIC, a partir das 19h30. Dentro do mesmo projeto, já esteve em Criciúma o prefeito de Joinville, Udo Döhler.


Selo de Turismo

O ministro Vinicius Lummertz fará a entrega do Selo + Turismo para Cocal do Sul, Lauro Müller, Forquilhinha e Guaramirin. O reconhecimento garante mais agilidade na hora de receber recursos para investimentos na área.


CriciúmaPrev

Os vereadores de Criciúma receberam, ontem, o presidente da ACIC, Moacir Dagostin, e o presidente do Observatório Social, Sinésio Volpato, e ouviram o pedido de urgência na análise dos projetos referente aos Instituto de Previdência do Município, o CriciúmaPrev. Ou algo é feito nesse sentido ou em pouco tempo o CriciúmaPrev se tornará inviável. O déficit atuarial é de R$ 39,5 milhões referente aos servidores já aposentados. Considerando os recursos necessários a cobertura das aposentadorias de todos os servidores que estão na ativa, este déficit passará para R$ 599 milhões.


Contra a inconstitucionalidade

O desembargador Pedro Manoel Abreu, do Tribunal de Justiça, se posicionou contra o pedido da Prefeitura de Criciúma, que alegava que projeto de lei de autoria do vereador Juarez de Jesus (PSD) e sancionado pelo presidente do Legislativo, Julio Cezar Colombo (PSB), após derrubada de veto, era inconstitucional. Com o entendimento do TJ, o Município terá que colocar a lei em prática e fixar placas informativas nas praças públicas e terminais urbanos da cidade sobre a prevenção ao suicídio.

4oito

Deixe seu comentário