Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O secretário criciumense de Merisio e outras da coluna

Gelson Merisio vai antecipar nomes do seu secretariado. Enquanto isso, Bolsonaro gravou vídeo no qual diz torcer por Comandante Moisés
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 11/10/2018 - 06:55

Em 24h, o PSL catarinense conseguiu uma “correção de rota” do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) em relação ao segundo turno no estado. Novo vídeo foi gravado pelo candidato, ontem à tarde, agora destacando o desempenho do Comandante Moisés (PSL) no primeiro turno e anunciando que está torcendo por ele.

Antes, Bolsonaro agradece o apoio de Gelson Merisio (PSD) no primeiro turno, mas diz que agora tem o Comandante Moisés no segundo turno, do seu partido, que define como um fenômeno assim como ele é na eleição presidencial.

No dia anterior, viralizou outro vídeo com Bolsonaro falando, durante entrevista para a Jovem Pan, em São Paulo, que não apoiaria nenhum dos dois candidatos em Santa Catarina, mesmo um dos candidatos sendo do seu partido, porque foi o mais votado no estado no primeiro turno e se agora ficasse com um lado, iria ficar mal com o outro e perderia votos.

O vídeo de ontem, se não tivesse o primeiro, não teria chamado tanta a atenção.

Afinal, Bolsonaro disse o que parece óbvio. Tem um candidato do partido disputando o segundo turno, o mínimo é cumprimentá-lo e desejar boa sorte.

Conta vai, conta vem, nada disso deve interferir na votação de Merisio. Apenas refaz um mal-estar na campanha do Comandante Moisés.

Agora, os dois pegam a estrada.

Moisés vai hoje para o Rio se encontrar com o próprio Bolsonaro, acompanhado dos quatro deputados federais e seis estaduais do PSL.

Merisio virá para Criciúma, onde fará uma reunião regional de campanha.

Expectativa para o nome do criciumense que ele vai anunciar para o secretariado do seu eventual governo. Será um empresário.

Decisão saiu de uma reunião na terça-feira à noite.

Expectativa também para a possível adesão do prefeito Clésio Salvaro (PSDB) à sua campanha.

Merisio pediu apoio, mas o prefeito convocou uma reunião do partido, hoje, 12h, para tomar a decisão.

Primeiro voto

O vice-presidente da executiva municipal do PSDB, vereador Alisson Pires, já se adiantou à reunião de hoje da executiva com o prefeito Salvaro, e anunciou, ontem, pelas redes sociais, seu apoio ao Comandante Moisés (PSL).

Faria com o Mito 

O empresário criciumense Ricardo Faria, um dos maiores do país na indústria da avicultura, foi recebido, ontem, pelo presidenciável do PSL na sua residência, no Rio de Janeiro.

Faria estava acompanhado do empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, e os deputados federais catarinenses Valdir Colato e Celso Maldaner.

Ele falou em nome do grupo, destacando a votação histórica que Bolsonaro teve no estado e especificamente em Criciúma.

O candidato agradeceu.

Tríplice coroa

O publicitário e marqueteiro Alexandre Costa teve que fazer três festas depois do primeiro turno.

Porque fez as campanhas vencedoras da deputada federal Geovania de Sá (reeleita e campeã de votos na coligação), a deputada estadual eleita Paulinha Silva (mais votada do PDT) e o deputado federal eleito Daniel Freitas (o segundo mais votado do estado, campeão no seu partido).

Tudo como era

As relações entre Clésio Salvaro e o MDB voltam à normalidade depois do primeiro turno - água e óleo. Não se misturam. Já são adversários para 2020.

No primeiro turno, segundo a aliança estatal PSDB-PMDB, Clésio chegou a colocar o 15 no peito. Mas, diz que seu eleitor não gostou.

Não engoliu

Ontem, quem procurou essa coluna no seu espaço tradicional, encontrou no lugar (página 3) um protesto (página inteira) do prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa, o Alemão.

A cidade estava duas semanas sem sinal de celular da Vivo, o prefeito cansado de reclamar, não tinha mais para onde recorrer, resolveu registrar “cobrança pública”. E o fez muito bem.

Não há porque engolir essas coisas no seco, e calado.

Se tudo mundo fizesse o mesmo, as operadoras mudariam o tratamento com o cliente.

Memória

O Centro de Cultura e Memória Valdenir Zanette, na Câmara de Vereadores de Criciúma, virou arquivo morto, ou depósito.

Impressionante o desrespeito!

O espaço foi montado em homenagem ao maestro, radialista e ex-vereador Valdenir Zanette, o Zé do Mato.

Sem novidades

Primeira pesquisa Datafolha para o segundo turno de presidente da República não traz muitas surpresas. Jair Bolsonaro (PSL) tem 58% e o candidato do PR, Fernando Haddad aparece com 42%. O levantamento foi realizado nesta quarta-feira.

Refis em Siderópolis

O prefeito de Siderópolis, Helio Cesa, o Alemão, encaminha para a Câmara de Vereadores, na próxima segunda-feira, projeto de lei para o Refis. Com o projeto aprovado, o contribuinte em dívida com a Prefeitura terá 100% de desconto em juros e multas para pagamento em conta única e 90% para pagar em seis parcelas e por aí vai. A Prefeitura espera recuperar R$ 1,2 milhão. Alemão, que também é presidente da AMREC, disse que todos os municípios estão alinhados nesse sentido.

TRE aciona Polícia Federal

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, desembargador Ricardo Roesler, acionou a Polícia Federal para investigar a disseminação de fake News que atacam a Justiça Eleitoral. As notícias falsas têm sido o grande desafio dessa eleição.

Derrota do MDB

O candidato a governador pelo MDB, Mauro Mariani, não venceu em nenhuma cidade da AMREC. Nem mesmo em Orleans, Siderópolis, Içara ou Balneário Rincão, municípios governados por emedebistas.

4oito

Deixe seu comentário