Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

O decreto das máscaras; licitação do aeroporto e os presidenciáveis na Som Maior

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 26/10/2021 - 19:05Atualizado em 26/10/2021 - 19:06

A licitação para contratação da empresa que irá revitalizar o Aeroporto Diomicio Freitas de Forquilhinha foi concluída. Várias empresas apresentaram e venceu a Prada de Curitiba. Uma boa notícia para a região.

Na sexta-feira passada fomos surpreendidos com o decreto do prefeito Clésio Salvaro (PSDB) desobrigando o uso das máscaras. Me perguntaram se pode. Eu perguntei se pode.

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) entrou com ação pedindo a suspensão dos efeitos do decreto e a Justiça atendeu, mas o prefeito sabia que não podia. 

Ele não é marinheiro de primeira viagem. Tem três mandatos de prefeito, é ex-deputado, ex-vereador. É básico que uma lei menor não suplanta uma lei maior. O prefeito sabe que se uma lei estadual ou federal diz que é proibido, ele não pode se sobrepor. 

Se o objetivo era causar, causou. A propósito, a última é uma briga com uma vereadora de primeiro mandato. E briga de bar. 

Estamos ouvindo os presidenciáveis na Som Maior. Hoje ouvimos Ciro Gomes. 

Ele mostrou que tem conhecimento, sabedoria e um discurso afinado. Se coloca nem Bolsonaro, nem Lula. Quer entrar como uma coisa nova. Amanhã colocaremos no ar o Luiz Felipe D'ávila, do partido Novo. 

Uma conversa diferente, inteligente, um olhar diferente, sai da trivialidade. Militou pelo PSDB, saiu e hoje está no Novo e é candidato a presidente da República. Tem, inclusive, uma visão diferente do que era o Novo.
 

4oito

Deixe seu comentário