Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Não vai ter mudança na CPI dos Respiradores

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 19/05/2020 - 19:33Atualizado em 19/05/2020 - 19:45

Se a intenção (ou uma das intenções) da direção estadual do PSL na suspensão dos mandatos dos quatro deputados estaduais dissidentes era mudar membros da CPI dos Respiradores, bateu na trave.

O regimento interno da Assembléia Legislativa não prevê substituição de membros de CPI depois de constituída.

Sendo assim, os deputados Sargento Lima e Felipe Estevão, mesmo suspensos pela direção do PSL, vão continuar na CPI.

Sargento Lima, inclusive, é o presidente.

A CPI tem nove membros e sete são de oposição ao governo Moisés.

Com a suspensão dos deputados, dirigentes do PSL passaram a sustentar que eles não poderiam mais representar o partido na CPI.

Se fosse assim, abriria para a possibilidade de o governo Moisés tentar alterar a correlação de forças na CPI.

Alem disso, o deputado Valdir Cobalchini, MDB, alinhado ao Governo, tentou ser o presidente da CPI, mas foi convencido a abrir mão em favor do Sargento Lima.

Sem Lima, ele deveria voltar à carga.

Mas, não vai.

Tudo continuará como está na CPI. Maioria de oposição, e depoimentos sendo colhidos (ou pautados) que vão ampliando a crise.

 

4oito

Deixe seu comentário