Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Não dá para transformar ouro em bronze de uma hora para outra

Quem tiver humildade, estuda o resultado da eleição e faz do limão a limonada
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 16/11/2020 - 09:13Atualizado em 16/11/2020 - 10:32

Mais uma eleição que se foi.
O dia de hoje é dos vencedores, os eleitos, que fizeram vitórias eleitorais e políticas.

Mas, também tivemos os vencedores que perderam a eleição. Fizeram vitória política.

Aos que previam renovação expressiva na Câmara de vereadores de Criciúma, frustração. Apenas sete serão novos (de um total de dezessete).
Destaque da eleição - as duas maiores votações forem de mulheres. Campeã e vice.
Uma reeleita, do time do prefeito, e outra jovem, estreante, de oposição

O prefeito Salvaro fez na urna o que estava previsto. Mais de 72% dos votos.

Foi a quinta eleição seguida para prefeito que ele disputou. E a quarta vitoria. Só perdeu a primeira.
Mandato aprovado por mais de 80% e nível de confiança na mesma faixa.

Não se derruba um patrimônio assim em poucos meses de campanha.

Ninguém transforma ouro em bronze de uma hora para outra.
Se era outro até ontem, porque agora tem que ser bronze.

Eleição ensina. Mostra o rumo certo.
Quem tiver disposição, humildade, e decisão de aprender, vai fazendo correção de rota e acerta o passo.

Mas, eleição não é guerra.
É uma etapa do processo democrático.

Todos que participaram da disputa, são vencedores.

Só tinja vaga para um prefeito da cidade.
Não quer dizer que outros não tenham capacidade e condições.

Agora que a eleição passou, o processo politico segue adiante.

Então,

que os eleitos façam ótimos mandatos!
Cumpram seus compromissos, sejam transparentes, e mantenham ouvidos abertos para a voz das ruas.
E que os interesses coletivos sejam colocados sempre acima de tudo

4oito

Deixe seu comentário