Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Murialdo convida Dóia e Cardeal para secretariado, e vai convidar Acelio

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 13/12/2018 - 07:43Atualizado em 13/12/2018 - 07:45

Uma coisa é certa. Desempregado, Acelio Casagrande não ficará depois que deixar o comando da secretaria de saúde do estado. Já tem pelo menos duas propostas na região.

Na semana passada, o prefeito Clesio Salvaro, de Criciuma, que vai assumir a presidência da Amrec em fevereiro, defendeu que a associação contrate Acelio para prestar assessoria aos municípios da região na área de saúde.

Ontem, o prefeito de Içara, Murialdo Gastaldon, disse que vai convidá-lo para assumir a saúde no município.

Mas, além de Acelio, o prefeito Murialdo pretende levar para o seu governo, a partir de janeiro, o empresário Joelson Cardoso, o Cardeal (PDT), e o ex-deputado Dia Guglielmi (PSDB). Os dois já foram convidados.

Joelson era do MDB, foi fundador do partido, mas saiu no início de 2017, por divergências com o prefeito Murialdo. Em julho, se filiou no PDT.

Faz 30 dias, Murialdo procurou Joelson e restabeleceram relações.

Na semana passada, o prefeito convidou Joelson para entrar no governo. Três posições no primeiro escalão foram oferecidas. Ele pediu tempo para avaliar. 

Cardeal registrou que pretende disputar eleição para prefeito, e Murialdo que isso pode ser construído dentro do governo. Mas, acrescentou que hoje o candidato natural do governo (e do MDB) é o vice-prefeito Sandro Serafim.

Ontem à noite, Joelson Cardeal disse que a tendência é não aceitar o convite.

Com o ex-deputado Dóia, a conversa foi na mesma linha. Inclusive, em relação a possibilidade de candidatura a prefeito.

A intenção do prefeito Murialdo é definir o novo secretariado até o final do ano, para dar posse na primeira semana de janeiro.

Ele avalia que o seu governo não tem problema administrativo, não teve mais nenhum escândalo ou envolvimento com policia e Gaecco, mas precisa fazer ajustes políticos para a eleição de 2020.

Ele já está no segundo mandato, não poderá disputar reeleição.

A rigor, os principais adversários de Murialdo e seus grupo na eleição devem ser do PP e PSL.

Dalvânia Cardoso (PP) e Anselmo Freitas (hoje PP, mas que deve ir para o PSL) são os nomes mais citados.

 

Transparência

No ranking do Ministério Público Federal sobre transparência na gestão pública, quatro municípios da Amrec tiveram nota 10. Içara, Balneário Rincão, Forquilhinha e Treviso.

Do sul do estado, mais . Tubarão, Gravatal, Jacinto Machado e Rio Fortuna. 

Criciúma ficou entre os piores do sul, com nota 6,8. 

 

Na Casan

O futuro presidente da Casan, a ser nomeado pelo governador eleito Comandante Moisés, pode ser de Criciúma.

O nome de um engenheiro esta sendo avaliado.

Decisão deve sair até amanhã.

 

Primeiras damas

Repetindo a sintonia entre governador e governado eleito, a primeira dama, Nicole Moreira, se reuniu ontem com a futura primeira dama, Késia da Silva, para tratar da transição da Fundação Nova Vida (foto).

Na reunião, foi feita a eleição dos novos membros dos conselhos fiscal e curador, e da direção executiva.

No relatório que apresentou, Nicole destacou que preside a fundação desde fevereiro e distribuiu 586 cadeiras de todas e 8 mil cestas básicas, entre outros benefícios e equipamentos.

 

Homem forte

A cada dia, o deputado Daniel Freitas vai se consolidando como homem forte de Criciuma no futuro governo.

E não apenas pela sua condução de deputado federal.

Mas, pela relação próxima com o governador eleito, e a contribuição que tem dado ao futuro governo nas reuniões que faz em Brasilia com a equipe de Bolsonaro.

 

O primeiro catarinense

O presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou ontem o primeiro catarinense na sua equipe de governo. Jorge Seif Júnior, empresário de Itajaí. Vai comandar a Secretaria Nacional de Pesca e Aquicultura, agora subordinada ao Ministério da Agricultura.

 

Com Moro

O governador eleito Comandante Moisés se encontrou com o futuro ministro Sergio Moro, ontem, em Brasilia. Discutiram algumas estratégias para combate a violência e restabelecimento do sentimento de segurança para as pessoas.

Moisés participou de seminário sobre segurança com os governadores eleitos e Moro foi um dos palestrantes

 

Fora de sintonia

No estado, os deputados aprovaram na Assembleia aumento nos seus salários a partir de janeiro de 2019.

Em Brasília, senadores programa réveillon, casa de praia e formatura de filha com recursos públicos.

Resumo da ópera - não entenderam nada do grito das urnas!

 

Serginho na Câmara

O diretor da câmara de Criciúma de Criciúma a partir de janeiro será o ex-vereador e ex-prefeito Sergio Pacheco.

Nomeação foi confirmada pelo presidente eleito da câmara, vereador Miri Dagostim (PP).

Quando Serginho foi prefeito de Criciúma, mandato tampão de quatro meses, Miri foi secretario de saúde.

 

Fica no PP

Miri Dagostim também confirmou ontem na Som Maior que vai ficar no PP.

Está envolvido com o deputado federal Jorge Boeira no processo de reorganização do partido em Criciúma, projetando a eleição de 2020.

Miri disse que Boeira pode ser candidato a prefeito.

 

Ministro no calçadão

O ministro do turismo, o catarinense Vinicius Lummertz, anunciou ontem na rádio Som Maior Maior que estará no Balneário Rincão, ainda em dezembro, para visitar as obras do calçadão, que esta sendo construído com recursos liberados por ele.

À tarde, ele repetiu compromisso ao deputado Ronaldo Benedet.

Lummertz, casado com a criciumense Simoni Guglielmi, vai assumir em janeiro a secretaria de turismo de São Paulo, a convite do governador eleito João Dória.

 

Novo companheiro

O suplente Edson Paiol (PP) acompanhou a eleição da nova mesa diretora da câmara de Criciúma e foi comemorar com os eleitos. 

Nos próximos dias, Paiol deve assumir o lugar de Ângela Mello (MDB), cassada pelo TRE.

São falta notificação da câmara para que Paiol seja convocado a assumir.

 

4oito

Deixe seu comentário