Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Governador anuncia recuo da Casan com Criciúma

Companhia não sustenta proposta diferenciada para manutenção do contrato. Carlos Moisés fala com exclusividade para a Som Maior
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 25/06/2019 - 18:32Atualizado em 25/06/2019 - 18:35

O governador Carlos Moisés nos disse nesta terça-feira, quando gravamos uma entrevista exclusiva para a Rádio Som Maior no Centro Administrativo, em Florianópolis, que as negociações da Casan com a prefeitura de Criciúma voltam à estaca zero. Aquela proposta de um percentual de 7% de devolução da receita para o município, essa proposta não existe mais. Foi retirada. Se o Salvaro quiser continuar com a Casan, terá que ser com o sistema normal, os 5% garantidos a todos os municípios. Não há mais tratamento diferenciado, a proposta não está mantida, o governo não vai procurar o prefeito Salvaro. O governo muda a sua postura e vai tocar o barco. Se o Salvaro romper o contrato, o governo vai judicialmente romper o contrato e buscar a indenização, que dá algo em torno de R$ 200 milhões que a prefeitura deveria devolver.

O governador prevê investimentos para o desenvolvimento do sul, para atrair investidores, considerando que a região perdeu muito. Fala de investimentos no aeroporto de Jaguaruna, de alargamento da pista e que depois o aeroporto deverá ser levado à concessão privada para operação

Outra informação do governador, ele confirma que Daniel Freitas é o seu candidato, que ele vai trabalhar por Daniel para prefeito de Criciúma.

Entrevista com o governador Carlos Moisés, exclusiva, a partir das 7h desta quarta-feira, 26, na Som Maior. Ele gravou também uma edição especial do programa Nomes & Marcas.

 

4oito

Deixe seu comentário