Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Geovânia, a "noiva" disputada, e o isolamento do PSB

Presidente estadual do PSB está hoje em Criciúma
Por Adelor Lessa 20/06/2022 - 06:35 Atualizado em 20/06/2022 - 06:51

O anúncio do PDT catarinense que ficará na Frente e apóia candidatura de Décio Lima (PT) ao governo do estado, deixou o PSB isolado.

Manoel Dias, presidente estadual do PDT, se reuniu no fim de semana com Décio e bateu o martelo. Fica na Frente, apóia Decio e indica o candidato ao senado.

O senador Dário Berger (PSB), na tentativa de se fazer candidato a governador pela Frente, tentou atrair o PDT para uma possível dissidência, oferecendo vagas de senador e vice-governador na chapa majoritária.

Mas, o PDT não foi. Decidiu ficar na Frente, e com Décio.

Hoje, o presidente estadual do PSB, Claudio Vignati, está em Criciúma. Vai fazer reuniões para mobilizar o partido para a eleição, principalmente fortalecer nominata de candidatos a deputado estadual e federal, mas também vai tratar das articulações para candidatura ao governo.

No momento, com a posição do PDT, o PSB corre o risco de não ter vaga na chapa na Frente, porque Gelson Merisio (Solidariedade) já foi anunciado por Décio como seu vice.

A saber se o PSB vai bancar chapa ao governo pura liderada por Dário Berger, ou vai tentar convencer a Frente a mexer na chapa e abrir espaço para um dos seus filiados, ou arquivar projeto de disputa na majoritaria.

 

A "noiva"

A deputada federal Geovânia de Sá (PSDB) teve um fim de semana de "noiva disputada".

Foi convidada pubicamente pelo senador Esperidião Amin (PP), que está encaminhando candidatura ao governo, para aceitar ser a sua vice.

Amin ainda fez apelo aos politicos do PSDB que convençam a deputada a aceitar.

Horas depois, o governador Carlos Moisés (Republicanos) sinalizou para a possibilidade de Geovânia ser candidata ao senado na sua chapa.

Moisés e Amin fizeram "assédio" em público para a deputada Geovânia durante a festa de Nova Veneza.

A diferença entre os movimentos de Amin e Moisés é que o governador já prometeu as vagas e senador e vice na sua chapa para o MDB.

Pelo que estava encaminhado ontem, o vice será Antidio Luneli e o senador será o deputado Celso Maldaner. Anúncios podem ser feitos até amanhã.

 

 

 

 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito