Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Eduardo abre as contas na sexta, Flavio Rocha em Criciúma e outras da coluna

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 23/05/2018 - 06:06Atualizado em 23/05/2018 - 16:53

O governador Eduardo Moreira, MDB, vai convocar entrevista coletiva para sexta-feira. Em principio, como foco principal, para fazer um balanço dos 100 dias do seu governo. Mas, será também para apresentação de detalhado relatório de como recebeu as contas do estado.

Eduardo havia antecipado a prefeitos e deputados do MDB do sul, durante reunião na quinta-feira, dia17, na casa do deputado Ronaldo Benedet, em Criciúma, que faria a abertura das contas nesta semana. Só dependia do fechamento dos números pela sua assessoria.

A informação no centro administrativo é que, só em restos a pagar, foram mais de r$ 470 milhões.

A divulgação de todos os números vai derrubar as pontes que ainda existam entre PSD e MDB, e na relação de Eduardo com seu antecessor e ex-companheiro de chapa, Raimundo Colombo, PSD.

De outro lado, pode ser mais um movimento para consolidação da sua candidatura ao governo, se conseguir passar para a sociedade que enxugou a maquina, cortou gastos, reduziu cargos políticos e encaminhou o equilíbrio das contas.

Por coincidência, amanhã à noite, no dia anterior à coletiva, Eduardo vai se encontrar com Raimundo Colombo, em Tubarão. Os dois receberão títulos de cidadania.

Eduardo e Raimundo não se encontram desde a renúncia do ex-prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes, PSDB, no inicio de abril. De lá para cá, só fizeram duas ou três conversas telefônicas.

No caminho para a eleição, o PSD de Colombo tem aliança fechada com o PP, em oposição ao MDB.

Já o MDB, tenta aliança com o PSDB, mas ainda não conseguiu acertar.

O que é liquido e certo é que Eduardo e Raimundo, aliados nas ultimas três campanhas estaduais, estarão em palanques diferentes (e serão adversários) na eleição de 2018.


Bauer também

O senador Paulo Bauer, PSDB, também receberá titulo de cidadania amanhã à noite em Tubarão, ao lado de Eduardo Moreira e Raimundo Colombo.

Ontem, Bauer viajou para Brasilia no mesmo vôo de Esperidião Amin, PP, e João Paulo Kleinübing, DEM. Falaram muito sobre a eleição.

Os três defendem aliança entre os seus três partidos, e mais o PSD.


Não vai

Paulo Bauer disse ontem, 19h30: “Não fui convidado, mas a partir de agora, mesmo que seja convidado, eu não irei porque tenho agenda a cumprir”.

Ele se referia ao ato politico que Gelson Merisio, PSD, organiza para sábado, em Chapecó, que terá o lançamento de sua candidatura ao governo. 


Não sabe se vai

Esperidião Amin praticamente condicionou sua ida ao convite de Merisio para Bauer.

Ontem à noite, Amin disse que ainda não sabe se vai porque também é candidato ao governo e estará cumprindo agenda de reuniões.


Vai disputar

O deputado Mauro Mariani, MDB, mandou recado ontem para Eduardo Moreira: "Vou até o fim. Não tenho medo de disputa. Gosto de uma boa briga”.

Mariani anunciou que seu nome estará na convenção do partido como candidato a governador.  Para ser homologado, se for consenso, ou para disputar a indicação.


Flavio com Selva

O que o presidenciável Flavio Rocha, PRB, não esperava era encontrar em Criciúma um ex-colega de escola. Pois, encontrou. Luiz Juventino Selva, secretário municipal. Os dois estudaram juntos em Natal, Rio Grande do Norte.

Fui testemunha, junto com o prefeito Salvaro, da conversa entre os dois no gabinete do prefeito.


Boa impressão

Flavio Rocha deixou boa impressão na palestra que fez ontem à noite.

Falou em unir classes produtiva e trabalhadora, e equilibrar capital e social.

Será muito bom para o processo se ele crescer na campanha, a ponto de conseguir bons percentuais nas pesquisas. Porque é fato novo, e vai elevar o nível do debate.

Vencer ou perder é consequência do processo, da campanha, e das circunstâncias.


Na agenda

Acelio Casagrande, secretário de saúde do estado, e Clesio Salvaro, prefeito de Criciúma, falaram ontem por telefone. Acertaram reunião para sexta-feira à noite ou sábado.

Vão tratar do mutirão conjunto para “derrubar” as filas no sistema público de saúde na cidade.


No trabalho

Ex-reitor da Unesc, professor Gildo Volpato, secretário adjunto de educação do estado, participou ontem da primeira reunião com a equipe técnica da secretaria. 

Estava ao lado da secretária Simone Schram, que comandou os trabalhos.


Não vai liberar

Prefeito Clesio Salvaro já avisou o diretor da Casan, Paulo Meller. Não vai liberar licença para construção da estação de tratamento da Vila Selinger enquanto não for assinado convênio com o município para as obras previstas como medidas compensatórias na comunidade.


Três anos

Na semana em que comemora três anos de operação como franquia internacional, a Sparta 55 abriu a quinta franquia no estado. Um negócio que começou em tempo de crise, em 2015, e que hoje vem alcançando bons resultados. 

Os proprietários Gabriel Lima e Wagner Cardoso, criciumenses de 28 e 30 anos, foram até o México e EUA buscar o modelo que estão implantando no Brasil, começando por Criciúma.

4oito

Deixe seu comentário