Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Desembargadora “aceita" suspeita da vice e se afasta do caso do impeachment

Por Adelor Lessa 31/08/2020 - 16:21 Atualizado em 31/08/2020 - 17:03

A desembargadora Maria do Rocio Luz Santa Rita acaba de se declarar impedida para julgar ações relacionadas ao processo que pode levar ao impeachment do governador Carlos Moisés e da vice, Daniela Reinert.

A decisão da desembargadora foi dada em recurso protocolado pela advogada Karina Kuffa que representa a vice-governadora.
A advogada levantou suspeição em relação à desembargadora por ser casada com um ex-desembargador que hoje advogada pelo presidente da Assembléia, deputado Júlio Garcia.

A desembargadora aceitou a exceção de suspeição, mas não exatamente pelos argumentos levantados pela advogada da Vice.
Registrou que assim procede em atenção ao fato de se tratar de matéria que envolve política - que desperta discussões apaixonadas - e com fundamento na "teoria da aparência da justiça",  em que a sociedade reivindica um juiz imparcial e independente.
"A justiça, além de ser justa, tem de parecer justa. Isso poderia estar em risco caso ela se mantivesse a frete do processo”, escreveu.

O recurso da Vice-governadora foi encaminhado para a desembargadora Maria do Rocio por sorteio.
Com a sua decisão, novo sorteio será feito.

Mas, a iniciativa da advogada da Vice teve repercussão negativa no Tribunal de Justiça.

Copyright © 2022.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito