Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

A possível eleição de Vampiro e a decisão de Mariano Mazzuco

Por Adelor Lessa 25/08/2020 - 06:12 Atualizado em 25/08/2020 - 06:27

Deputado criciumense Luiz Fernando Vampiro, líder do MDB na Assembléia, pode ser o presidente da comissão de nove deputados que vai decidir se encaminhará ao plenário da Assembleia a proposta de afastamento do governador Carlos Moisés para julgamento do pedido de impeachment.
Comissão será empossada à tarde e logo se reunirá para eleição do presidente.
Caberá ao presidente eleito definir o relator da comissão.
Nos bastidores da Assembléia são cotados os deputados Vampiro, João Amin (PP) e Marcos Vieira (PSDB).
O deputado Marcos, falando ontem na Som Maior, descartou a possibilidade de ser presidente.
Vampiro e Amin estão no páreo.
Ontem à noite, o deputado Vampiro disse que não será o presidente.

Recurso no STF

A Procuradoria da Assembléia Legislativa, pela procuradora geral, Karula Trentin Lara,  protocolou recurso ontem no STF pedindo impugnação de reclamação da defesa do governador Carlos Moisés em relação ao rito definido para o processo de impeachment.
Pelo mesmo motivo, a defesa do Governador, pelo advogado Marcos Probst, já havia encaminhado recurso ao Tribunal de Justiça, onde conseguiu liminar, e fez paralisar o andamento do processo de impeachment.
Mas o STF derrubou a liminar e confirmou legalidade ao rito dotado pela Assembléia.
Na sexta-feira, a defesa de Moisés foi ao STF com novo recurso contra o rito.
O recurso do advogado de Moisés e o pedido de impugnação da Procuradoria da Assembléia estão sob analise do ministro Luis Barroso, que derrubou liminar e confirmou o rito adotado pela mesa diretoria da Assembléia.

A decisão de Mariano

Decisão mais importante no ambiente político na Amesc será anunciada amanhã pelo prefeito Mariano Mazzuco, de Araranguá.
Ele mandou convocar o diretório do PP para amanhã à noite, quando vai anunciar se será candidato à reeleição.
No dia seguinte, deve conceder entrevista coletiva.
Se Mariano decidir não disputar a eleição, o candidato do PP será o vereador Daniel Viriato.
Mariano já deu sinal nítidos de não disputar a eleição, mas também fez movimento de candidato. As apostas são divididas em Araranguá.

O que é fato é que a decisão de Mariano vai acelerar o processo para definição do quadro de candidaturas a prefeito de Araranguá.

Copyright © 2022.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito