Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

A candidatura de Eduardo, pesquisa nova em Criciúma e outras da coluna

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 16/04/2018 - 11:03Atualizado em 16/04/2018 - 15:44

O PMDB catarinense depende do desempenho do governo agora comandado por Eduardo Moreira para fazer forte sua candidatura a governador e encaminhar melhor as negociações de alianças.

Mas, se Eduardo tiver bom desempenho no comando no governo até julho, o PMDB não terá como não fazê-lo candidato a reeleição.

Além disso, Eduardo tem maior capacidade de articulação com outros partidos.

O deputado federal Mauro Mariani, presidente estadual do PMDB, também está no páreo. A rigor, entrou na “fila" antes de Eduardo. Pode ser, no entanto, remanejado para candidatura ao senado.

A duvida no ambiente do PMDB é se Mariani vai assimilar a mudança. 

Na semana passada, ele chegou irritado no centro administrativo, sede do governo. Foi direto para o gabinete do governador e “sequestrou" Eduardo para uma conversa reservada, numa outra sala.

Eduardo está apostando todas as suas fichas numa aliança com o PSDB. Oferece vaga de vice e senado (na eleição deste serão candidatos ao senado). Estão conversando.

Pesquisa nova

Instituto IPC fez no fim de semana em Criciúma a primeira pesquisa da campanha eleitoral deste ano para cobertura da radio Som Maior e A Tribuna.

Foi pesquisada a intenção de voto do eleitor criciumense para presidência da república, governado e senador. Os primeiros números serão divulgados hoje.

Pesquisa completa amanhã em A Tribuna.  


Atos de campanha

1) Defensores da candidatura de Jair Bolsonaro a presidência da república fizeram mobilização no sábado, em Cocal do Sul.

2) A ex-vereadora Tati Teixeira, candidata a deputada, fez encontro no sábado com 100 filiados do PPS (foto). Estava presente a presidente estadual do partido, deputada Carmem Zanoto.

3) O presidente da câmara de Tubarão, vereador Pepê Colaço, PP, candidato a deputado, fez encontro de apoiadores no sábado, em Gravatal. Participaram o vereador Miri Dagostim, de Criciúma, e a presidente do PP de Içara, Dalvania Cardoso, entre outros políticos da AMREC.

4) A ex-prefeita de Bombinhas, Ana Paula da Silva, a Paulinha, PDT, está na região desde ontem cumprindo roteiro de campanha. Ontem esteve em municiono do vale do Araranguá e hoje estará na AMREC.


Na Avenida

PT e aliados voltaram a ocupar a esquina do Santander e Assembléia, na avenida Centenário, sábado pela manhã, para fazer manifestação a favor de Lula, em defesa de sua liberdade.

Depois, foi feita caminhada pela avenida.


Atenção para escolas

O Observatório Social fez inspeção em 25 escolas da rede municipal de Criciúma (de um total de 72). Pediu no relatório final entregue à secretaria de educação, atenção urgente para três delas - nos bairros Tereza Cristina, Wosocris e Ceará. Duas delas estão com o forro tomado por cupins. A outra foi transferida por causa de um vendaval, faz tres anos, e as obras para reconstrução estão paradas.

Outro dado chama a atenção no relatório do Observatório - das 25 escolas visitadas, apenas 3 tem ginásio de esportes.


Içara - bons números

Números fechados na sexta-feira sobre movimento econômico dos municípios da Amrec apontam que Içara teve crescimento de 16,98% em 2017 comparado com 2016.


Criciuma cresceu 8,62%

Na totalização, AMREC cresce 6,91%, enquanto o estado de Santa Catarina cresceu na média 6,47%.


Sentença em Araranguá

O juiz Gustavo Mottola, de Araranguá, determinou anulação da doação da área no acesso ao Morro dos Conventos e os incentivos fiscais concedidos pelo município à Àkila Industria (inicialmente IBL Liofilização).

Pela decisão, o município tem até o dia 5 de julho para apontar os valores que deixaram de ser pagos em tributos pela Akila/IBL no período.

A sentença foi dada em ação promovida pelo Ministério Público. Cabe recurso da decisão.

4oito

Deixe seu comentário