Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Vexame histórico

Almanaque da Bola #350
João Nassif
Por João Nassif 08/07/2019 - 11:23

Hoje completam cinco anos da maior catástrofe protagonizada pelo futebol brasileiro. Foi no dia 08 de julho de 2014 que a seleção comandada por Luiz Felipe Scolari foi impiedosamente massacrada pela Alemanha em pleno Estádio Mineirão em Belo Horizonte.

Quando o árbitro mexicano Marco Antônio Rodríguez apitou o início do jogo valendo pela semifinal do Mundial disputado no Brasil, ninguém poderia imaginar o que seria visto nos minutos seguintes.

A tragédia começou a ser desenhada aos 11 minutos quando o alemão Thomas Müller marcou o primeiro gol. Do minuto 23 até o minuto 29 aconteceu algo jamais visto em jogo valendo pela semifinal de uma Copa do Mundo envolvendo duas seleções supercampeãs mundiais.

Os quatro gols marcados pelos alemães num intervalo de seis minutos jogaram por terra o sonho brasileiro do hexa. Miroslav Klose, duas vezes Toni Kross e Sami Khedira foram os autores do pesadelo brasileiro. 

O gol do Klose lhe deu a marca de maior artilheiro da história dos Mundiais. O alemão marcou um total de 16 gols superando o brasileiro Ronaldo Fenômeno que marcou 15 nas Copas que disputou.

Mesmo desacelerando a Alemanha ainda marcou mais dois gols no segundo tempo com André Schürrle. No finalzinho Oscar marcou para o Brasil o chamado gol de honra. 

O tempo jamais deixará que se apague a maior tragédia da história do futebol brasileiro.
 

4oito

Deixe seu comentário