Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Vai começar a Fórmula 2

João Nassif
Por João Nassif 01/04/2018 - 15:00

Thiago Ávila *

Antiga GP2, a principal categoria de acesso à Formula 1 vai dar a largada no próximo final de semana no Bahrein, e a maioria das equipes já confirmaram seus pilotos. Diferente da F1, as equipes têm os mesmos chassis Dallara F2 2018 com motor V6 turbo, então não há carros melhores que outros, e isso ajuda a ter mais igualdade no esporte. Vejamos as equipes confirmadas:
 
Russian Time
A atual campeã vem forte para essa temporada com um piloto já experiente na categoria e jovem piloto promissor.
01 Artem Markelov – Em seu quinto ano na categoria, o jovem russo de 23 anos foi vice-campeão em 2017 e é piloto de desenvolvimento da Renault. É um candidato forte ao título e pode traçar o mesmo destino de Sergey Sirotkin, hoje na Williams: tem investimento e tem contato, então pode conseguir vaga na F1 no futuro.
02 Tadasuke Makino – Japonês de 20 anos, tem resultados bons nas Formulas 3 e 4 japonesas, mas não teve um ano muito bom na F3 Europeia ano passado. É uma aposta da equipe russa.
 
 

Russian Time

Prema
Equipe que revelou os prodígios Pierre Gasly e Antonio Giovinazzi para a F1 em 2016 e Charles Leclerc em 2017, vem para mais um ano forte para brigar pelo título.
03 Sean Gelael – O indonésio de 21 anos não teve resultados muito significativos na categoria até agora. Foram três temporadas sendo a melhor posição um 15º lugar em 2016 e 2017. Acredito que por estar em uma equipe de mais renome, pode tender a fazer uma boa temporada, só depende dele. E outra coisa: foi piloto de testes da Toro Rosso ano passado, pode ter alguma carta na manga.
04 Nyck de Vries – Holandês de 23 anos, é piloto de desenvolvimento da McLaren desde 2010 e foi bem em todas as categorias que disputou, sendo campeão da F-Renault 2.0 em 2014 e terceiro lugar F-Renault 3.5 em 2015. Em 2016 fez uma boa temporada na GP3 e conseguiu o 7º lugar na F2 em 2017, obtendo uma vitória na temporada. É o piloto com melhor potencial para levar a equipe italiana de volta ao topo esse ano.
 
 

Prema

DAMS
A lendária equipe francesa multicampeã de categorias de acesso, famosa por revelar nomes como Romain Grosjean e Olivier Panis, vem para essa temporada com dois nomes de peso na categoria, se forem confirmados.
05 ??? – Essa vaga ainda não está confirmada, mas o nome mais provável é o de Alexander Albon, que correu com o carro nos testes de pré-temporada. O tailandês de 22 anos fez uma belíssima temporada na GP3 de 2016, pendendo apenas para Leclerc e ganhando da promessa Antonio Fuoco, que é piloto de desenvolvimento da Ferrari. Em uma equipe de peso, o piloto pode vir a fazer sua melhor temporada na carreira, depois de uma temporada meia boca na ART.
06 Nicholas Latifi – O canadense de 22 anos já tem uma boa bagagem na categoria, com 4 temporadas realizadas e um quinto colocado em 2017 na mesma DAMS. Também é piloto reserva da Force India, uma boa aposta dos franceses.
 
 

DAMS

ART Grand Prix
A ART vem para essa temporada com a dupla mais forte de todas, a mais favorita para levar o campeonato de equipes. Pilotos estreantes, mas com uma bagagem vitoriosa nas costas.
07 Jack Aitken – É o piloto reserva da Renault para esse ano, depois da ida de Sirotkin para a Williams, e fez desempenhos espetaculares em categorias anteriores, como o título da F-Renault 2.0 em 2015 e o vice-campeonato da GP3 em 2017. Um dos principais nomes na briga pelo título.
08 George Russell – Piloto de desenvolvimento da Mercedes, é um dos grandes nomes para o futuro da F1. Com apenas 20 anos já foi segundo colocado no Masters de Formula 3 – a principal corrida para jovens pilotos que é realizado anualmente – em 2015, 3º na F3 Europeia em 2016 e campeão da GP3 em 2017. É favoritaço a levantar o caneco esse ano.
 
 

ART Grand Prix

MP Motorsport
A equipe holandesa que revelou Sergio Sette Camara ano passado vem para mais uma temporada apenas como franco-atirador. Vamos ver o que se espera deles.
09 ??? – Nada confirmado ainda nesta vaga, mas o experiente Roberto Merhi, que já correu na F1, é o nome mais cotado, inclusive fez testes de pré-temporada na equipe. Se for confirmado, será o piloto mais velho do grid.
10 Ralph Boschung – O jovem suíço de 20 anos não tem lá grandes feitos em outras categorias e foi 19º na F2 do ano passado.
 
 

MP Motorsport

Arden
Com o forte patrocínio da BWT, a mesma da Force India, os britânicos vêm mais confiantes para esse ano, com duas jovens promessas que podem fazer a diferença.
11 Maximilian Günther – O alemão de 20 anos teve desempenhos excelentes nas categorias que passou, obtendo um segundo e terceiro lugar na F3 Europeia em 2016 e 2017, respectivamente. Vai brigar pelo título com certeza esse ano.
12 Nirei Fukuzimi – O ousado japonês incomodou demais Leclerc e companhia na temporada 2016 da GP3 e ficou em terceiro no ano passado. Agora vai começar a incomodar na F2.
 
 


Arden

Campos Racing
Com um piloto experiente na categoria e um estreante, a equipe espanhola vem para fazer uma temporada melhor que o ano passado.
14 Luca Ghiotto – O promissor italiano de 23 anos é talvez o piloto que tem a evolução mais constante da categoria. Foi 8º com a Trident em seu ano de estreia e quarto na temporada passada. Se continuar nesse crescimento, é candidato forte ao título esse ano.
15 Roy Nissany – O israelita de 23 anos não tem uma bagagem nada vitoriosa, seu desempenho na Formula V8 3.5 foi o principal motivo de conseguir a vaga.
 
 

Campos Racing

Trident
Vindo como uma equipe de desenvolvimento da Haas, os italianos chegam para essa temporada com dois novatos.
16 Arjun Maini – O indiano de 20 anos tem resultados nada agradáveis na GP3 e F3 Europeia, mas é piloto júnior da Haas. Deve ter algum porquê de estar aí.
17 Santino Ferrucci – Piloto de testes da Haas desde 2016, o ítalo-americano já correu algumas provas de F2 ano passado e não apresentou grandes resultados. Vamos ver o que esse jovem de 19 anos pode mostrar em uma temporada inteira.
 
 

Trident

Carlin
Outra favoritaça ao título de equipes, licenciou-se na temporada passada para se dedicar a F3 Europeia e volta com tudo para esse ano. É outra equipe que também tem história na categoria.
18 Sérgio Sette Camara – Único brasileiro do grid, Sérgio vai ter a experiência mais importante da sua carreira, tendo um companheiro de equipe e rival difícil de bater. Tem dois pódios no Master de Formula 3 e uma quase vitória no Grande Prêmio de Macau – outra corrida importante de Formula 3 – de 2017.
19 Lando Norris – O britânico de apenas 18 anos é, ao lado de George Russell, o principal candidato ao título da temporada. Foi nomeado no início do ano como piloto reserva da McLaren e ameaça a vaga de Stoffel Vandoorne na equipe principal. É o atual campeão da F3 Europeia e segundo colocado no GP de Macau.
 
 

Carlin

Charouz
Estreante na categoria, a equipe da República Tcheca vem para essa temporada com duas promessas que decepcionaram na temporada passada.
20 Louis Delétraz – Vice-Campeão da F-Renault 2.0 em 2015 e também vice na F-V8 3.5 em 2016, o suíço de 20 anos estreou na F2 fazendo apenas o 17º lugar no campeonato. É esperado uma melhora dele na nova equipe.
21 Antonio Fuoco – Um dos destaques da GP3 em 2016, foi um fracasso em sua primeira temporada de F2, em que se era esperado que andasse junto com seu companheiro Charles Leclerc. Ainda é piloto júnior da Ferrari, mas está com a corda no pescoço. Mais uma temporada ruim e adeus investimento de uma das equipes mais poderosas da principal categoria.

Charouz


*  Estudante de Jornalismo na PUCRS

4oito

Deixe seu comentário