Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Uma saudação ao campeão de 2002

Almanaque da Bola #730
João Nassif
Por João Nassif 22/07/2020 - 10:49

Logo após a conquista pelo Criciúma da série B de 2002, editei a revista “Mais uma estrela” que trouxe na página 03 o seguinte editorial:

“O torcedor do Criciúma não poderia ficar privado de um documento como este que terá um valor inestimável, pois, afinal de contas, ficará para a posteridade a maior conquista do clube em seus 54 anos de existência.

A segunda estrela supera a conquista da Copa do Brasil, pois foi conseguida depois de verdadeira batalha envolvendo 26 times espalhados pelas cinco regiões do país.

Lance da final de 2002

O time viajou mais de 75 mil quilômetros em quatro meses, acumulou horas e horas de concentração, jogando na média uma partida a cada três dias e conseguiu o maior rendimento de toda sua história em competições nacionais.

O leitor poderá acompanhar a sequência de jogos com as fichas técnicas – foram 31 -, o resumo dos números de toda história do clube nos campeonatos brasileiros. A edição traz o currículo de cada jogador e sua participação na conquista, além de fotos das partidas jogadas em casa.

A preparação psicológica dos atletas será mostrada através das mensagens e de algumas cartas que a comissão técnica preparou, tornando cada jogador um guerreiro que buscava vencer a batalha disputada a cada jogo.

Enfim, um documento histórico que será guardado com todo carinho por quem sempre acreditou na força do TIGRE CAMPEÃO BRASILEIRO.

Este documento histórico é uma referência à memória de Clésio Burigo, pioneiro em registrar toda a história do Criciúma EC com um arquivo invejável guardado com carinho por seus familiares”. 

Amanhã o histórico do jogo de estreia do Criciúma na série B de 2002
 

4oito

Deixe seu comentário