Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Um intruso na dupla

SC Renner ficou na história
João Nassif
Por João Nassif 13/02/2019 - 12:31

O primeiro campeonato gaúcho foi disputado pela primeira vez em 1919 dividido por regiões e jogado por equipes amadoras, o profissionalismo só chegou no Rio Grande do Sul em 1942.

Daí em diante somente o Grêmio e Internacional dividiam os títulos até 1998 quando o Juventude de Caxias do Sul quebrou a hegemonia da dupla Grenal.

Mas, teve um intruso nesta sequencia de tantos títulos da dupla. O Sport Club Renner de Porto Alegre foi campeão em 1954 quando o campeonato ainda era dividido por regiões.

O Renner foi fundado por funcionários da A.J. Renner em 1931 empresa sediada na Zona Norte da capital gaúcha. Seu estádio era o Tiradentes com capacidade para 6 mil torcedores plantado entre as avenidas Sertório e Farrapos.

Festa do campeão defronte ao Estádio Tiradentes

A equipe formada por jogadores encostados no São José, no Internacional e no Grêmio, chamados de “refugos” que não deram muito certo nestes times. Dois jogadores deste time se tornaram personagens do futebol brasileiro. O goleiro Valdir de Moraes e o meia Ênio Andrade. 

O Renner aplicou duas goeladas históricas, ganhando de seis do Grêmio e de quatro do Internacional, terminando invicto a fase Metropolitana do campeonato. 

O título estadual foi decidido num triangular com a participação, além do Renner, do Brasil de Pelotas campeão da Região Litoral Sul e do Ferro Carril de Uruguaiana, campeão da Região Fronteira.

O Renner também venceu o triangular de forma invicta, derrotando o Ferro Carril duas vezes, por 2x1 em Uruguaiana e 1x0 em Porto Alegre. Contra o Brasil o Renner empatou em 1x1 jogando em Pelotas e no jogo final venceu por 3x0 em Porto Alegre.

Renner campeão gaúcho invicto em 1954.
 

4oito

Deixe seu comentário