Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Taça novamente na Itália

Almanaque da Bola #468
João Nassif
Por João Nassif 03/11/2019 - 10:15Atualizado em 03/11/2019 - 11:13

A Taça dos Campeões Europeus 1963/1964 foi a nona edição do torneio e teve um vencedor inédito. Depois de cinco títulos do Real Madrid, de dois do Benfica e um do Milan, a Taça continuou em Milão com a vitória da Internazionale.

Com o campeão nacional do Chipre estreando na competição o torneio foi disputado por 31 clubes, incluindo o Milan campeão da edição anterior.

Na fase preliminar o destaque ficou com o PSV da Holanda que goleou por 7x1 em Eindhoven o Esbjerg da Dinamarca e do francês Monaco que em casa derrotou o AEK da Grécia por 7x2.

O Milan então campeão europeu foi eliminado nas quartas de final pelo Real Madrid que mesmo perdendo o segundo jogo em Milão por 2x0 conseguiu a classificação por haver vencido na Espanha por 4x1.

No cruzamento das semifinais o Real Madrid despachou o Zurich com duas vitorias, 2x1 na Suíça e 6x0 na Espanha. A Internazionale eliminou o Borussia Dortmund com empate em 2x2 na Alemanha e vitória no San Siro por 2x0. O brasileiro Jair da Costa marcou o segundo gol do time italiano. Jair da Costa havia sido bicampeão mundial com a seleção brasileira no Mundial de 1962 no Chile.

A decisão da Taça dos Campeões Europeus foi jogada no Praterstadion em Viena na Áustria e a Internazionale derrotou o Real Madrid por 3x1 perante 72 mil espectadores.

A Internazionale se credenciou para disputar a Copa Intercontinental de 1964 contra o Independiente da Argentina campeão da Libertadores. 
 

4oito

Deixe seu comentário