Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Surgiu a Celeste Olímpica

Almanaque da Bola #299
João Nassif
Por João Nassif 18/05/2019 - 16:47Atualizado em 20/05/2019 - 16:51

A história do futebol não se explica sem a da gloriosa seleção uruguaia. Afinal, o escrete do país sul-americano era uma potência no começo do século XX e já ostentava quatro títulos em sete edições do antigo Campeonato Sul-Americano, a atual Copa América, antes dos Jogos Olímpicos de 1924, em Paris, onde agigantou sua mística.

Para a oitava edição das Olimpíadas, o Comitê Olímpico Uruguaio, formado no ano anterior, teve como representante só um dos 17 esportes disputados à época. 

Mais tarde, essa decisão mostrou-se acertada, pois o selecionado charrúa fez uma grande campanha (5 vitórias em 5 jogos) e subiu no lugar mais alto do pódio – feito inédito para o país.

Seleção uruguaia dando volta olímpica na França em 1924

Na campanha rumo ao título, triunfos sobre a extinta Iugoslávia (7-0), Estados Unidos (3-0) e França (5-1), dona da casa. Na semifinal, os Países Baixos ofereceram dificuldades aos jogadores sul-americanos, mas perderam de virada (2-1), a minutos do fim. 

Na decisão, a vítima foi a Suíça (3-0), no Estádio Olímpico Yves-do-Manor, em Colombas.
 

4oito

Deixe seu comentário