Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Supercampeão paulista

Almanaque da Bola #478
João Nassif
Por João Nassif 13/11/2019 - 14:33

O campeonato paulista de 1959 teve dois times que marcaram mais de 100 gols na competição. O Santos com Pelé praticamente iniciando sua carreira apesar do título de campeão mundial conquistado na Suécia e o Palmeiras que foi campeão num supercampeonato conquistado em cima do próprio Santos. 

O ataque do Santos marcou 155 gols em 41 jogos, sendo que o Rei do Futebol marcou 45 vezes. O Palmeiras por sua vez marcou 112 vezes também em 41 jogos.

O gol do supercampeonato de 1959

O campeonato foi disputado por 20 clubes e naquela época não existia nenhuma fórmula que os cartolas introduziram anos depois no futebol brasileiro. 

Eram simplesmente pontos corridos com a diferença de agora é que a vitória valia apenas dois pontos.

Não computando os jogos extras, tanto o Palmeiras como o Santos jogaram 38 vezes, com 30 vitórias do Santos contra 29 do Palmeiras. O Palmeiras perdeu 04 vezes e o Santos 05.  O Palmeiras empatou 05 jogos e o Santos 03. 

Portanto, cada time atingiu a marca de 63 pontos ganhos e terminaram na primeira posição obrigando a realização de uma decisão extra entre eles, o chamado supercampeonato.  

No primeiro jogo, dia 05 de janeiro de 1960 houve empate em x1, dois dias depois Santos e Palmeiras voltaram a empatar em 2x2 para no terceiro e último jogo o Palmeiras vencer por 2x1 e se tornar supercampeão paulista de 1959. 
 

4oito

Deixe seu comentário