Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

SECRETO, PERO NO MUCHO

Minha coluna de hoje em A TRIBUNA
João Nassif
Por João Nassif 17/01/2019 - 07:33

Não havia a mínima necessidade do técnico Doriva, profissional muito sério, em fechar o treino final para a estreia no campeonato. Dar munição ao adversário? Esconder escalação até minutos antes do jogo? Ou seguindo a tendência da maioria fazer suspense para valorização do trabalho? De nada adiantou. O Heriberto Hülse é cercado por edifícios de onde se pode ter uma visão quase total do gramado. Bastou o Lucas Renan subir num deles e descobrir o time que jogará amanhã contra o Figueirense.

NOVIDADES
Dos 11 que irão iniciar o campeonato, seis estarão vestindo pela primeira vez a camisa do Criciúma. Não valem os dois jogos treinos que foram realizados. O goleiro Bruno Grassi, o lateral Maicon, o volante Zé Augusto, o meia Daniel Costa e os atacantes Reis e Pedro Bortoluzo. Marcinho Júnior não é novidade, pois já entrou em campo uma vez na derrota para o Brasil de Pelotas pela série B do ano passado. Bons motivos para o torcedor dar um pulo no estádio e acompanhar estas estreias.

PLANEJAMENTO...
O Figueirense que está fazendo ótima campanha na Copinha, já tendo eliminado Flamengo e Palmeiras, dois favoritos ao título, caminha firme em busca do bicampeonato. O Figueirense disputou com seu time sub-19 a Copa Santa Catarina, Troféu Milioli Neto, e chegou à semifinal quando foi eliminado pelo Brusque que conquistou o título. Está explicado o sucesso do time até agora em São Paulo.

...E PLANEJAMENTO
Quando existe um espirito profissional e visão de futuro é grande a possibilidade de sucesso. Mesmo que não vença a competição o Figueirense já pode-se dizer está com a missão cumprida. Diferente do Criciúma que por absoluta falta de competência de seus dirigentes abdicou da competição estadual. Poderia perfeitamente ter feito como o Figueirense, ainda mais que o time vinha da conquista da Copa Sul e poderia ter uma sequência mais produtiva em São Paulo. Mas, optou por não disputar a Copa Santa Catarina e pagou um sério vexame com três derrotas em três jogos na Copinha.

MOLECADA NOS ESTÁDIOS
O presidente da Federação Catarinense de Futebol, Rubens Angelotti, baixou a resolução que permite, de forma facultativa, o acesso gratuito de menores de 12 anos nos jogos do atual campeonato catarinense da Série A. Algumas imposições são necessárias, mas o importante é que os meninos possam frequentar os estádios e desenvolver a paixão pelos times que representam suas cidades.

MEMÓRIA
17/01/2003 – “DEVASSA”

O Criciúma E.C., honra e gloria de Santa Catarina, que levou o nome do estado por todos os cantos do Brasil em mais de uma temporada e que é o novo integrante da divisão maior do nosso futebol, tem procurado de todas as formas saldar seus compromissos e zerar um déficit que chegou a mais de 3 milhões de reais. Paga seus funcionários em dia, baixou a dívida para mais da metade, mas não tem sossego com os órgãos federais. Um fiscal do INSS está plantado no HH há algum tempo, conferindo documentos para encontrar possíveis irregularidades. O Instituto deve ter sobras de fiscais, pois existem dezenas de clubes em Santa Catarina que por certo estão também sendo alvos da fiscalização.
 

4oito

Deixe seu comentário