Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Política no futebol

Três sul-americanos na Suécia
João Nassif
Por João Nassif 04/03/2019 - 18:45

A partir das eliminatórias para a Copa do Mundo de 1958 a FIFA estabeleceu a divisão por Confederações que foram disputadas obedecendo os critérios determinados pela entidade.

A decisão tomada pela entidade foi para acabar com a confusão reinante em eliminatórias anteriores que tiveram várias desistências.

Foram inscritos 55 países, pela Europa foram 29, nove pela América do Sul, pela América do Norte, Central e do Caribe seis e 11 representantes da Ásia e África. A Suécia anfitriã e a Alemanha Ocidental última campeã estavam automaticamente classificadas.

A presença de Israel nas eliminatórias fez com que várias seleções se recusassem a enfrenta-lo e mesmo que a FIFA tenha obrigado a participação de todos inscritos, vários países por questões políticas desistiram de brigar por uma vaga no Mundial disputado na Suécia.

País de Gales x Israel-Eliminatórias de 1958

Sobrou para Israel tentar a vaga numa repescagem com o País de Gales, melhor segundo colocado nas eliminatórias da Europa. Deu País de Gales com duas vitórias por 2x0 em Tel-Aviv e em Cardiff.  

A classificação do Brasil foi sobre o Peru com empate no primeiro jogo em Lima e vitória por 1x0 no Maracanã na segunda partida. A Venezuela outra seleção eu fazia parte do grupo desistiu de competir.

Além do Brasil Argentina e Paraguai foram as outras seleções sul-americanas classificadas para o Mundial na Suécia.

Em todas as eliminatórias para a Copa do Mundo de 1958 forma disputados 89 jogos e marcados 341 gols.
 

4oito

Deixe seu comentário