Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Perigo azul e branco no caminho do Criciúma

João Nassif
Por João Nassif 16/04/2021 - 06:00Atualizado em 16/04/2021 - 08:11

Então tá! Já abordei ontem aqui a necessidade de Criciúma e Próspera vencer domingo seus jogos que de certa forma estão interligados para efeito de classificação nesta reta final do campeonato catarinense.

Ontem surgiu um fato novo que merece registro que foi o crescimento do Avaí que mesmo ainda na terceira posição não vinha fazendo um bom campeonato. Inclusive, lembrando que somente empatou com o Próspera através um pênalti inventado pela arbitragem.

Mas, qual o fato novo? Ontem pela Copa do Brasil o Avaí mostrou um time completamente diferente, a estreia de alguns jogadores deu muita qualidade, soube se impor contra um adversário. Cascavel, que vamos lá é frágil tecnicamente, mas fez bem o dever de casa conquistando a classificação.

E por que faço esta referência ao Avaí? Por ser o time que pode mexer na classificação olhando pela ótica de Criciúma e Próspera. Domingo o Avaí (14 pontos) já classificado enfrenta o Hercílio Luz (09 pontos) e na última rodada virá ao Heriberto Hülse enfrentar o Criciúma.

A rodada deste final de semana será decisiva para sabermos qual a necessidade dos times na rodada final. Caso o Avaí vença o Hercílio na Ressacada, independente do que acontecer em Concórdia o Criciúma terá a obrigação de vencer o Avaí em casa para depender apenas de suas próprias pernas para fugir do rebaixamento.

Final de uma era

A desclassificação da fase de grupos da Libertadores foi a gota d’água que resultou na demissão do técnico Renato Gaúcho. A direção do Grêmio entendeu que o prazo de validade havia esgotado e optou pela saída do técnico. O time não conseguia mostrar o futebol que lhe rendeu muitos títulos nos últimos anos.

O futebol é imponderável e apresenta situações que mexem com o emocional de muitos. 

Vai explicar por que Renato não aceitou a proposta do Atlético-MG para comandar o time na temporada. Decidiu renovar com o Grêmio e deu no que deu três meses depois. Ficaram na mão o Atlético-MG, o técnico e o Grêmio que terá que se virar para solucionar uma questão que é vital no futebol.

Tags: Avaí Criciúma

4oito

Deixe seu comentário