Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Peñarol reinando na América

Almanaque da Bola #460
João Nassif
Por João Nassif 26/10/2019 - 09:27

Na Europa o Benfica de Portugal conseguiu quebrar a hegemonia do Real Madrid que havia conquistado cinco títulos na Taça dos Campeões Europeus de Futebol, na América do Sul o Peñarol venceu novamente a Taça Libertadores que em 1961 realizou sua segunda edição.

Os dois se credenciaram para disputar a segunda edição da Taça Intercontinental.

Para ser bicampeão da América o Peñarol derrotou na final o Palmeiras que foi o primeiro brasileiro a participar de uma final da Libertadores.

O torneio começou com nove clubes, campeões dos países filiados à CONMEBOL, exceção da Venezuela que não esteve presente.

Foi necessária uma fase preliminar para alinhar os times para a disputa das quartas de final. O Independiente Santa Fé da Colômbia eliminou o Barcelona de Guayaquil, Equador.

Nas quartas de final o Olímpia do Paraguai eliminou o Colo-Colo do Chile, o Peñarol passou pelo Universitário do Peru, o Palmeiras eliminou o Independiente da Argentina e o Independiente Santa Fé eliminou o Jorge Wilstermann da Bolívia.

No cruzamento das semifinais o Palmeiras passou pelo time colombiano e o Peñarol pelo Olímpia.

O primeiro jogo da decisão foi em Montevideo e o Peñarol venceu por 1x0 no Estádio Centenário com mais de 64 mil torcedores. O segundo jogo foi no dia 11 de junho de 1961 no Pacaembu em São Paulo e terminou em 1x1.

Peñarol e Benfica disputaram a Taça Intercontinental que será nosso assunto de amanhã.
 

4oito

Deixe seu comentário